html image example
Eunápolis: Pastor Emídio morre vítima da Covid-19; Esposa está internada ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

O pastor Emídio Cardoso da Silva, de 57 anos, morreu por complicações da Covid-19, no fim da tarde desta quarta-feira (09/06), em Eunápolis.

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Ames desde o último dia 25 de maio.

O líder religioso ministrava na Igreja Batista Canaã, na Rua 2 de julho, centro da cidade. O anúncio foi feito pelas redes sociais, onde centenas de fiéis e outras igrejas lamentam a morte. “Combateu o bom combate”, disse a congregação em nota.

A mulher do pastor Emídio, Lucinéia Jesus Rodrigues Cardoso, 54 anos, também contraiu a Covid-19. Ela foi internada no Ames no mesmo dia que o marido, mas, com a piora do seu quadro clínico, precisou ser transferida, cinco dias depois, para o hospital Meridional, em São Mateus, no Espírito Santo. Segundo a família, o estado dela é grave.


Semana passada, o pastor já havia perdido o sogro para o novo coronavírus. Seu Manuel morreu no Hospital Covid-19, em Eunápolis.

Durante o período em que ficou internado, pastor Emídio precisou de transfusão de sangue. Uma campanha levou dezenas de doadores ao hemocentro. Foram captadas mais de 50 bolsas de sangue, reforçando o estoque do hemocentro.

Pastor desenvolvia importante trabalho social

O pastor Emídio deixa três filhos e um legado. Ele desenvolvia trabalhos sociais, como a distribuição de alimentos para catadores do lixão da cidade durante a pandemia.


De acordo com representantes da igreja da qual o pastor fazia parte, não haverá velório, justamente por causa das restrições provocadas pela pandemia de Covid-19. A expectativa é que, nesta quinta-feira (10), familiares, amigos e fiéis façam um cortejo fúnebre, em seus carros, do hospital até o cemitério.


A COVID EM EUNÁPOLIS

Segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira (09/06), Eunápolis registrou, desde o início da pandemia, 10.339 casos confirmados da Covid-19 e 165 óbitos em decorrência da doença. Oito mortes estão em investigação.


De acordo com o boletim, 90% dos leitos de UTI e 80% dos leitos clínicos na rede pública estão ocupados. Já na rede privada, a ocupação dos leitos de UTI é de 100%. //Do Radar64