html image example
html image example
Líder ateu se converte, renuncia a cargo no Quênia e revolta ativistas ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

Um renomado ateu no Quênia renunciou a um cargo que ocupava em um órgão governamental dedicado à representação dos ateus no país e enfureceu os ativistas ao revelar o motivo: havia entregado sua vida a Jesus Cristo.

A renúncia de Seth Mahiga como Secretário de Ateus no Quênia foi anunciada no fim de semana após o próprio dizer que acredita no Filho de Deus, Jesus Cristo.

Thank you for watching

“O motivo da renúncia de Seth é que ele encontrou Jesus Cristo e não está mais interessado em promover o ateísmo no Quênia”, escreveu o presidente Harrison Mumia em um comunicado oficial publicado no Twitter.

Nos últimos 18 meses, Mahiga foi secretário do AIK, que é a primeira organização não-religiosa oficialmente registrada desse tipo no país. Dados demográficos do Quênia indicam que 85% da população se identifica como cristã.

O portal Eternity News informou que o objetivo da AIK é promover a prática de “exame aberto, racional e científico do universo e nosso lugar nele”, e “defender que a ética e a moralidade sejam baseadas em ideais e valores racionais e humanísticos”.

De acordo com AIK, “o ateísmo é, no sentido mais amplo, uma ausência de crença na existência de divindades”, ou ainda uma “rejeição da crença de que quaisquer divindades existem”. O texto da entidade ateísta diz ainda que essa filosofia é baseada na crença “de que não há divindades”.

À luz de tais objetivos e crenças declarados, Mahiga evidentemente achou seu papel insustentável. Mas a declaração do presidente Harrison Mumia sobre a renúncia de Mahiga foi interpretada como uma manifestação de apoio, já que o mandatário escreveu: “Seth tudo de bom em seu novo relacionamento com Jesus Cristo”.

Como o próprio Mahiga disse em um culto de sua igreja, transmitido pela Elevate TV Kenya e compartilhada no Facebook pelo AIK, ele estava passando por “dificuldades na vida” antes de decidir renunciar ao cargo de secretário.

O curto vídeo também mostra o pastor da congregação ao lado de Mahiga, pedindo aos fiéis que “deem seu louvor ao Senhor nesta casa, aleluia” antes de afirmar que “a Bíblia diz: ‘Todo joelho se dobrará’”.

Os comentários de ativistas ateus no vídeo publicado nas redes sociais, em sua maioria, foram agressivos: “Ele rachou, que desperdício de bom cérebro. tudo o que precisa é uma lavagem cerebral com mentiras que ele acreditará ser verdade. Ele não conseguiu lidar com a verdade, escreveu um usuário.

Outro especulou sobre interesse financeiro: “Quanto ele foi pago por esse golpe de relações públicas?”.

Em meio a tantos ataques, alguns cristãos se manifestaram encorajando o ex-ateu com palavras como “Jesus é o caminho, a verdade e a vida” e “uma decisão sábia”. Agora, os ativistas estão em busca de um novo representante.

Via Tiago Chagas / Gospel +