html image example
Judoca muçulmano abandona Olimpíadas para não enfrentar atleta de Israel ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

A definição das chaves do judô nas Olimpíadas ainda rende repercussão em Tóquio. Nesta sexta-feira, o judoca argelino Fethi Nourine anunciou que decidiu abrir mão de sua participação depois de o sorteio indicar um possível confronto contra o israelense Tohar Butbul, pela segunda fase da categoria até 73kg.

O técnico de Nourine, Amar Ben Yekhlef, confirmou a decisão, tomada em conjunto com o judoca argelino. Segundo ele, a Argélia se recusa a normalizar as relações com Israel.

– Nós não tivemos sorte com o sorteio. O judoca Fethi Nourine caiu frente a um adversário israelense e esse é o motivo de sua desistência da competição. Tomamos a decisão certa.

Episódio recorrente

Esta não é a primeira vez que Nourine abre mão de uma competição para evitar o confronto com Tohar Butbul. Em 2019, ele optou por deixar o campeonato mundial de judô ao tomar conhecimento de um embate contra o israelense.

Localizada no norte da África, a Argélia é um país árabe, onde o governo não reconhece o estado de Israel, assim como outros países de maioria islâmica. Um caso semelhante aconteceu nas Olimpíadas da Rio 2016, quando o judoca egípcio Islam El Shehaby se recusou a cumprimentar o israelense Or Sasson após um combate.

Com a desistência do argelino, o judoca Mohamed Abdalarasool, do Sudão, se classificou automaticamente para a segunda fase da categoria até 73kg, onde enfrentará o israelense Tohar Butbul. A disputa acontece entre os dias 25 e 26 de julho, e conta com o brasileiro Eduardo Barbosa entre os participantes. As eliminatórias iniciam às 23h (de Brasília), no domingo, e as finais, às 5h do dia seguinte. Outros 12 judocas integram a delegação do Brasil na Tóquio 2020.

Confira abaixo os adversários de estreia de cada um dos brasileiros no judô:

Eric Takabatake (60kg): Soukphaxay Sithisane, de Laos
Daniel Cargnin (66kg): Mohamed Abdelmawgoud, do Egito
Eduardo Katsuhiro Barbosa (73kg): Guillaume Chaine, da França
Eduardo Yudy Santos (81kg): Sagi Muki, de Israel
Rafael Macedo (90kg): Islam Bozbayev, do Cazaquistão
Rafael Buzacarini (100kg): Toma Nikiforov, da Bélgica
Rafael Silva (+100kg): bye, espera vencedor de Maciej Sarnacki (POL) x Ushangi Kokauri (AZE)

Gabriela Chibana (48kg): Harriet Bonface, de Malawi
Larissa Pimenta (52kg): Agata Perenc, da Polônia
Ketleyn Quadros (63kg): Cergia David, de Honduras
Maria Portela (70kg): Nigara Shaheen, do Afeganistão (compete pela bandeira dos refugiados)
Mayra Aguiar (78kg): bye, espera vencedora de Munkhtsetseg Otgon (MGL) x Inbar Lanir (ISR)
Maria Suelen Altheman (+78kg): bye, espera vencedora de Anamari Velensek (ESL) x Nina Cutro-Kelly (EUA).

Informações: GE / Globo – via Gospel +