html image example
Reunião entre Governo da Bahia e APBL termina sem acordo por retomada das aulas semipresenciais na rede estadual ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

O governo da Bahia e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado da Bahia (APLB) seguiram com o impasse após mais uma reunião para tratar da retomada das aulas semipresenciais na rede estadual de ensino, realizada na noite desta quarta-feira (28), na sede da Serin.

Segundo o presidente da APLB, Rui Oliveira, o sindicato reafirmou a posição de que os professores só vão retomar as atividades 15 dias após receberem a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Ainda segundo Rui Oliveira, foi solicitado uma lista com o nome de todos os funcionários da Educação que receberam as duas doses do imunizante. O presidente da APLB informou que o governo do estado, representado pelos secretários Luiz Caetano e Jerônimo Rodrigues, disse que não tinha o documento pronto e que faria o possível para entregar a lista até sexta-feira (30).

“O avanço foi a abertura de um diálogo sobre o caso”, disse o presidente Rui Oliveira.

O governo da Bahia e a APLB marcaram uma nova reunião para a próxima terça-feira (3), para continuar as discussões sobre a adesão dos professores nas escolas.

“A nossa motivação maior para o diálogo é o interesse de que as escolas atendam aos estudantes como tem que ser, seguindo todos os protocolos necessários. Continuaremos conversando com a APLB no sentido de garantir o ensino semipresencial seguro e com qualidade de aprendizagem”, afirmou o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues. (G1)