html image example
Alvo da CPI, produtora Brasil Paralelo gastou R$ 3,8 milhões com o Facebook em um ano ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

Alvo da CPI da Covid, a produtora Brasil Paralelo gastou mais de R$ 3,8 milhões com anúncios no Facebook de agosto de 2020 para cá. A empresa conservadora publicou no domingo (1º) um anúncio em resposta ao requerimento de quebra de sigilo bancário.

A produtora de vídeos disse que não tem nada a esconder e revelou que é auditada pela EY (Ernst &Young). O pedido de quebra de sigilo foi apresentado pelo relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL).

Em 2020, uma reportagem da Folha de S.Paulo revelou que a Brasil Paralelo faturou R$ 30 milhões. Em maio, a produtora de vídeos contabilizava 200 mil assinantes que pagam para ter acesso a seu conteúdo de documentários e cursos de viés direitista.