html image example
Governador de Nova York renuncia após denúncias de assédio sexual ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

 O governador do estado de Nova York, nos Estados Unidos, Andrew Cuomo, anunciou nesta terça-feira (10) que vai deixar o cargo após denúncias de assédio sexual. Em pronunciamento, Cuomo negou que suas condutas tivessem intenção sexual, mas assumiu “toda a responsabilidade”.
Com a saída de Cuomo, a vice-governadora Kathy Hochul irá assumir o cargo após uma transição que irá durar 14 dias. Cuomo é acusado de assédio sexual e conduta imprópria por 11 mulheres segundo investigação do escritório da procuradora-geral do estado, Letitia James.

O anúncio de que deixaria o governo ocorre após pressão de aliados democratas e do presidente norte-americano Joe Biden. Na Assembleia estadual, controlada pelos democratas, o apoio partidário pela destituição do governador vinha crescendo desde que as denúncias foram divulgadas.

“A investigação descobriu que o governador Andrew Cuomo assediou sexualmente atuais e ex-funcionárias do estado de Nova York, envolvendo-se em toques indesejados e não consensuais e fazendo vários comentários ofensivos”, afirmou a produtora-geral de NY.

A procuradora-geral de Nova York afirmou que o que se revelou foi um "local de trabalho tóxico" e um "clima de medo".

Ainda de acordo com a procuradoria, Cuomo teria assediado sexualmente várias mulheres, muitas delas jovens, com "apalpadas indesejadas, beijos, abraços e comentários inadequados".

Segundo James, Cuomo e sua equipe também retaliaram ao menos uma pessoa por reclamar da conduta do governador de Nova York.

 https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/08/10/governador-de-nova-york-andrew-cuomo-renuncia-em-meio-a-denuncias-de-assedio-sexual.ghtml