html image example
Policial é presa duas vezes por perseguir ex-namorados; em um único dia, ela ligou 98 vezes para um deles ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

Uma agente da Polícia Civil do Distrito Federal foi presa preventivamente, acusada de perseguir ao menos três ex-namorados. De acordo com informações do portal G1, Rafaela Luciene Motta Ferreira já havia sido detida na última terça-feira (3), após invadir a Corregedoria da Polícia Civil e tentar impedir o depoimento de um ex-companheiro.

Na ocasião, a policial assinou um termo circunstanciado e foi liberada no mesmo dia. Segundo a Polícia Civil, a prisão preventiva cumprida na noite da última sexta-feira (6) foi decretada a partir de fatos apurados pela Corregedoria-Geral de Polícia relacionados à apuração do crime de stalking – termo da língua inglesa que se refere a importunação relacionada a espionagem e perseguição constante.

Thank you for watching

As apurações apontam que, em 2018, Rafaela chegou a ligar, em um único dia, 98 vezes para um dos homens.

A denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) descreve que o casal se conheceu por meio de um aplicativo de relacionamentos e saiu por algumas vezes, antes das ameaças terem início quando ele pediu para terminar o relacionamento.

Em uma das conversas telefônicas, segundo o processo, a policial falou que o ex “não sabia com quem estava mexendo” e que ele estava “mexendo com fogo”. Além disso, a mulher teria ameaçado os familiares do homem.

“Você tem família aqui, você tem pai idoso, tem mãe idosa, eles moram sozinhos. Você tem irmã, tem sobrinho, então para de ser idiota”, teria dito a policial de acordo com o portal. Procurada pela publicação, a defesa de Rafaela disse que não se manifestará sobre casos, e ressaltou que as investigações ainda estão em andamento.