html image example
Priscilla Alcantara volta a se queixar de evangélicos e diz que foi expulsa de igreja ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

Priscilla Alcantara abandonou a música gospel para explorar o ambiente artístico secular, e desde então, vem externando queixas que tem sobre o meio evangélico. Agora, resgatou um episódio distante, quando foi expulsa com a família de uma igreja.

A ex-cantora gospel reiterou que sempre planejou deixar de cantar músicas temáticas sobre sua fé e explorar o segmento secular: “Essa sempre foi minha intenção e eu carrego esse sentimento por conta dos meus pais”, afirmou.

“Desde a época que eles eram líderes de igreja, eles sempre foram bem para ‘frentex’, mesmo a gente sendo de uma igreja bem tradicional, eles sempre foram de ouvir a voz de Deus e não do homem”, contou a artista.

Em seguida, explicou que essa postura foi entendida como excessiva e gerou a expulsão da família dessa congregação: “A primeira vez que cantei na televisão não podia cantar gospel, então interpretei Wanessa Camargo, Rouge, sei lá… e lembro que fomos expulsos da igreja na época porque eu estava cantando ‘música do mundo’. E mesmo assim eles sempre me conscientizaram, diziam: ‘A gente vai encontrar uma outra comunidade que entenda’”.

Na entrevista ao podcast Venus, Priscilla Alcantara destacou que continua sendo evangélica: “Compor sobre romance, sobre término, sobre celebração e curtição sempre foi algo que esteve comigo, porque é parte da experiência humana. Eu sou crente, mas eu também sou gente”, disse.

Recentemente, a artista afirmou ao G1 que pretende cantar em grandes festivais, como o Rock in Rio, e que não entendeu os motivos de ter sido criticada quando foi ao Lollapalooza como espectadora, anos atrás.

“Se alguém me pergunta qual é o meu maior sonho profissionalmente falando, é estar nesses palcos dos grandes festivais. Eu sempre falei para as pessoas. […] Teve um episódio, anos atrás, quando eu fui no Lollapalooza e os crentes não gostaram de me ver [na plateia] e causou mó bafafá e não sei o quê. E a minha resposta foi: ‘gente, se vocês estranham eu dentro no Lollapalooza, imagina quando eu cantar no Lollapalooza, ‘porque isso vai acontecer um dia”, afirmou.

“Venho desmistificando alguns tabus que a gente da Igreja sempre carregou, por conta da religião”, encerrou a ex-cantora gospel.

por Tiago Chagas / Gospel +