html image example
YouTube suspende pagamentos a canais bolsonaristas ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

O Youtube atendeu decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e suspendeu o pagamento a canais de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que divulgavam informações falsas sobre as eleições brasileiras.

“Em cumprimento à decisão do Tribunal Superior Eleitoral de 16 de agosto, o YouTube informa que já suspendeu o acesso à receita atribuída aos responsáveis pelos 14 canais indicados pelo TSE”, afirmou a plataforma em nota.

Thank you for watching

Entre os canais afetados estão o Terça Livre, o Jornal da Cidade Online e o canal de Oswaldo Eustáquio, apoiador que chegou a ser preso na investigação sobre atos antidemocráticos.

De acordo com a decisão do TSE, os valores que seriam pagos pelas redes sociais a esses canais, páginas e sites ficarão indisponíveis, depositados em uma conta judicial até o fim das investigações. Enquanto isso, os canais vão continuar no ar.

Os 14 canais que afetados pela medida são: Alberto Silva 1 e Alberto Silva 2 (Alberto Junio da Silva), Canal Universo 1 e Canal Universo 2 (Roberto Boni), Direto aos fatos (Camila Abdo Leite do Amaral Calvo), Emerson Teixeira, Folha Política, Jornal da Cidade On Line, Oswaldo Eustáquio, Ravox (Adilson Nelson Dini), Te atualizei (Bárbara Zambaldi Destefani), Terça Livre, Vlog do Lisboa1 e Vlog do Lisboa 2 (Fernando Lisboa da Conceição). (BN)