html image example
Ginecologista oferecia sexo em troca de cirurgia em paciente, afirma polícia ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

Cerca de 48 denúncias contra o ginecologista Nicodemos Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, foram registradas pela Polícia Civil de Goiás. Uma mulher, que foi se consultar com o médico, informou que recebeu uma proposta de sexo em troca do procedimento.  

A cirurgia plástica que o médico ofereceu é conhecido como ninfoplastia, procedimento que é feito nas partes intimas da mulher. “Ele ofereceu que, se ela não quisesse pagar, poderia fazer em troca de sexo, mas ela não aceitou”, disse a delegada. Ao site G1.  

Thank you for watching

A defesa do ginecologista afirma que o cliente não cometeu os crimes e pediu a revogação de prisão preventiva. Nicodemos segue detido em cela especial desde quarta-feira (29), após passar por uma audiência de custódia em Anápolis, 55 km de Goiânia.  

Uma outra paciente, no Pará, que confirmou ter sido abusada pelo médico. No caso dela, a situação ocorreu no próprio estado. Já no Distrito Federal, o médico foi condenado por violação sexual mediante fraude, mas não chegou a ser preso. No Paraná, um crime parecido foi prestado queixa, mas arquivado por falta de provas.  

Em Goiás, Nicodemos deverá ser indiciado por 2 importunações sexuais (atos libidinosos), 45 violações sexuais mediantes fraudes (por usar a posição profissional para praticar abusos) e 1 estupro de vulnerável (caso de uma jovem de 12 anos, em 2013).  

Esse último, a vítima afirma que ele pegou a mão dela e colocou nas partes intimas dele. “Ele veio me falar que eu podia começar a me masturbar. Me mostrou histórias em quadrinho pornô e vídeos. Me mandando os links e quais eu podia assistir. Depois levantou, pegou minha mão e colocou nele, na parte íntima dele”.

Na Bahia, em 2019, um ginecologista foi acusado por cerca de 24 mulheres que afirma terem sio abusadas sexualmente durante a consultas na cidade de Vitória da Conquista, sul do estado.  
 
Uma das vítimas criou um perfil no Instagram (@diganaovca) para fazer a denúncia contra o médico Orcione Júnior. “Bom, há dias estou pensando por onde começar, porque eu não queria ficar calada, pois sei que se aconteceu comigo, pode acontecer com outras garotas. Então resolvi começar do começo mesmo e relatar o que aconteceu durante o meu atendimento”. (Bocao News)