Um homem de nome Charles André Cruz dos Santos de 25 anos, esteve no último domingo (17) no DISEP em Luis Eduardo Magalhães, fazendo uma denúncia que foi agredido fisicamente por três (3) seguranças de um estabelecimento comercial (Bar) neste município.

Segundo relato do denunciante, devido as agressões, teve o escafóide do braço direito fraturado, escoriações nos joelhos, cotovelos, lombar e maxilar, conforme relatório médico e exames de raio-x.

O homem alega que no último sábado (16) se encontrava no interior do BAR com a esposa, o filho recém-nascido e um casal de amigo, momento em que por volta das 21h a esposa se dirigiu até o veículo com o fim de trocar a fralda da criança, no entanto, em razão de a mesma ter demorado foi ao encontro com intuito de ajudá-la. Quando estava indo até o veículo, os vigilantes o interceptaram e o derrubaram no chão. Ademais, alega que um deles lhe deu um golpe do tipo "mata leão" é o relato, segurando-o pelo pescoço por mais de dez (10) minutos.

Além disso, informa que não sabe o motivo de tal agressão, visto que ao sair do interior do bar, o casal que estava com ele e a esposa permaneceram na mesa, motivo pela qual não poderiam alegar que estávamos saindo do local. // Blogbraga