O compositor Luciano Gomes, autor da música ‘Faraó’, usou suas redes sociais para informar que está tomando providências em relação a um plágio da sua música. Luciano acusa o cantor Robyssão de ter plagiado a canção e colocar a melodia em ritmo de pagodão. A música do pagodeiro em questão seria a música “Vai no Chão”. 

“Faraó foi plagiada por um artista local que vocês conhecem,

chamado Robyssão, em ritmo de pagodão. Só que essa versão não teve minha autorização para a gravação, não fui comunicado, não fui informado de nenhuma alteração em minha canção, até mesmo porque não aceitaria como não aceito”, iniciou Luciano em um vídeo publicado no seu Facebook. 

“Já tinha conhecimento dessas execuções, desses vídeos nas plataformas digitais,  estava esperando um posicionamento do setor jurídico da Universal Music para me posicionar. 

“Uma execução qualquer que seja se tratando de Faraó rende lucro, se ele (Robyssão) foi beneficiado cantando ‘Faraó’ em ritmo de pagode, tem uma hora que a conta chega”, afirmou o compositor. 

Luciano ainda informou que estão sendo tomadas todas as providências para que seja suspensa as execuções com a música “Vai no chão” e que está buscando uma reparação indenizatória por conta dos prejuízos causados à história da música. 

“Nada contra ele, mas não é dizer que é um artista que não sabe o que significa plágio, não é dizer que é um artista que não sabe o respeito que tem essa canção (…) A partir do momento que eles tomou a ousadia de fazer o que está fazendo ele agora que aguente com as consequências”, concluiu. 

Veja a publicação do compositor: