Um homem matou o próprio filho a facadas ao tentar impedir que ele agredisse a mulher e o enteado. A tragédia foi registrada em Serra, no Espírito Santo. Foragido, gravou um vídeo explicando o ocorrido e afirmou que pretende se entregar à polícia. As informações são do SBT News.

O pai confessou que matou o filho, de 28 anos, após passarem o dia juntos em um churrasco de família. A vítima estaria agredindo a esposa. Segundo o pai, outros dois rapazes bateram no filho. Ao entrar em casa, pediu que o rapaz tomasse banho e se limpasse. O filho jogou o celular da companheira no chão e começou a agredi-la fisicamente, além do enteado do rapaz.

O foragido afirmou que matou o filho para se defender, pois os dois "entraram em luta corporal onde ele desferiu vários socos na minha cabeça e eu já não estava aguentando mais". O pai disse que foi pegar o carro, para sair do local, mas "eu saí e acabei dando facada nele". Continua depois da publicidade

O jovem foi atingido por três facadas, uma delas no coração. Ele foi socorrido, mas morreu no hospital. O pai, ainda no vídeo, pediu perdão à família.