Uma jovem de 24 anos viveu momentos de terror nessa quinta-feira (9), após ter sido agredida dentro de casa. A mulher, que é moradora de Corguinho MS, foi amarrada e amordaçada por homens e informações apontam que a ação teria sido motivada por ameaças contra o marido dela.
A vítima havia percebido um carro suspeito parado próximo a sua residência, logo após chegar ao local. Momento depois, a mulher foi surpreendida por dois homens, um deles estava com uma arma de fogo.

A mulher foi obrigada a se ajoelhar e os suspeitos a amarraram com um fio envolto pelos pés e pescoço. A vítima foi amordaçada e teve os olhos vendados. Os homens falavam a todo momento que aquilo era “só um aviso”. “Isso é para seu marido aprender pelo que ele fez, isso é pra ensinar seu marido pelo que ele fez”.

Os suspeitos saíram do local após 40 minutos e deixaram a jovem amarrada. A vítima foi encontrada horas mais tarde, após um amigo do casal ter ido visitá-los e ter estranhado o portão da casa aberto. Esta pessoa percebeu que alguém estava tentando gritar, mas a voz estava impedida.

O homem estranhou essa situação e acionou à Polícia Militar (PM). Ao chegar ao local, os agentes encontraram a mulher em choque e com escoriações pelo corpo causadas pelos fios.

O companheiro da mulher, de 34 anos, disse à polícia que os responsáveis pelo crime podem ter alguma relação com as ameaças que ele vem sofrendo por meio das redes sociais. As ameaças são motivadas por causa do suposto envolvimento do marido da jovem em um relacionamento extraconjugal com uma mulher casada.

O crime foi registrado na delegacia de Polícia Civil de Corguinho como sequestro e cárcere privado. Os suspeitos de ter praticado a ação estão sendo procurados, mas até a publicação desta matéria ninguém foi preso. Fonte:istoe