O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa 2022 com pelo menos 1,86 milhão de pedidos de benefícios na fila para autorização. No início de novembro, o novo presidente do INSS, José Carlos Oliveira, planejou zerar a fila em oito meses. A lentidão afeta principalmente as pessoas mais pobres.

Segundo a coluna de Guilherme Amado, do portal Metrópoles, a fila atual tem 1.865.209 requerimentos em espera. O número vem aumentando desde 2020. No início da pandemia, em abril daquele ano, eram 1,75 milhão de pedidos aguardando por uma decisão do governo. Em boa parte de 2021, o estoque ficou acima de 1,8 milhão.

Thank you for watching

Procurado pela pubicação, o INSS afirmou que recebe cerca de 800 mil novos pedidos por mês, e só consegue analisar 700 mil no mesmo período. O instituto afirmou também que há cerca de 458 mil pedidos de benefício aguardando a perícia médica, outro motivo para o atraso nas análises. (Fonte: Bahia.ba)

(Fonte: Metro 1)