• Girl in a jacket
  • Mais fácil ‘desfritar’ um ovo do que Moro provar que não comeu grana, diz Ciro ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


    O pré-candidato a presidência da República, Ciro Gomes (PDT), voltou a atacar Sergio Moro (Podemos) nas redes sociais, neste domingo (23), após uma reportagem do UOL apontar que a empresa que contratou o ex-juiz, em 2020, a Alvarez & Marsal recebeu ao menos R$ 65,1 milhões de empresas envolvidas na operação Lava Jato.

    Através do Twitter, Ciro afirmou que “é mais fácil desfritar um ovo do que Moro conseguir provar que não comeu grana” de empresas condenadas pela operação.

    “É mais fácil desfritar um ovo do que Moro conseguir provar que não comeu grana da Odebrecht, da OAS e de outras condenadas da Lava Jato. A revelação de que elas são responsáveis por 77,6% do faturamento da empresa de que ele era sócio é apenas o começo. Há tanta coisa ainda por aparecer na investigação feita pelo Tribunal de Contas da União, que nem a imprensa mais amigável conseguirá disfarçar”, escreveu o pedetista em sua conta oficial do Twitter.

    O valor que o ex-juiz recebeu da empresa representa 78% de todo o faturamento por administração judicial que a companhia alega ter obtido de 2013 até 2021.

    “Por enquanto, o juiz mentiroso está tentando criar um tipo de alquimia contábil, a que consegue separar, no lucro total dividido aos sócios, a origem de cada centavo. Ora Moro, não era você mesmo que dizia que uma só gota de dinheiro sujo apodrecia todo o caixa de uma empresa?”, acrescentou Ciro.

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ