Uma indígena, 49 anos, foi socorrida através de um helicóptero após o marca-passo que ela usava apresentar problema. O resgate aconteceu na tarde do domingo (2), em uma aldeia na cidade de Itambé, no sudoeste da Bahia.

De acordo com o G1, a mulher, que não teve a identidade revelada, foi encaminhada para atendimento médico de urgência pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer).

Thank you for watching

A região não apresentava condições de acesso terrestre por causa das fortes chuvas ocorridas em dezembro, então foi feito transporte aéreo. A indígena foi socorrida na aeronave Guardião 2.

Além disso, segundo o capitão adjunto da comunicação social do Graer, Victor Fonseca, a situação da mulher também exigia urgência no transporte até o hospital. “A vítima precisava ser transportada com velocidade para a reparação do problema. Então, foi conduzida pela aeronave para o município de Itapetinga, local no qual desembarcou e seguiu para o hospital. Um médico a bordo do helicóptero do Graer juntamente com a tripulação acompanhou toda a ação”, disse o capitão. (BN)