• Girl in a jacket
  • Pocah é internada por segurar gases; entenda por que isso pode acontecer ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

    A cantora Pocah foi parar no hospital, na segunda-feira, com fortes dores abdominais. Chegando à unidade de saúde, a celebridade recebeu o diagnóstico de excesso de gases.

    Após o susto, a ex-BBB brincou com a situação em seu Twitter, dizendo que foi diagnosticada com “peido preso”, afirmando para as mulheres que não é vergonha nenhuma soltar pum na frente do marido e, que a partir de agora, vai “liberar geral”.

    Em seu Instagram, Pocah contou que comeu uma quantidade grande de lanche com amigos e logo depois deitou no colo do marido e pegou no sono, com shorts jeans. A cantora acredita que a peça de vestuário comprimiu usa barriga e atrapalhou a digestão. Quando percebeu que estava com gases, ela decidiu segurar o pum com vergonha de soltá-lo na frente do marido e foi dormir.

    Thank you for watching

    “Acordei com uma dor bizarra, surreal, não conseguia ficar em pé, apenas curvada. Pensei que era cálculo renal, apendicite, hérnia umbilical que eu já tenho. Fiz uma série de exames e era o que? Peido preso”, contou Pocah. “Um conselho que eu dou a vocês, meninas: não prendam peito, soltem mesmo, todo mundo faz isso”.

    O médico Ben-Hur Ferraz Neto, cirurgião do aparelho digestivo, explica que não é necessário prender os gases para sentir o desconforto abdominal. A produção em excesso das flatulências já pode provocar dores e inchaço na região.

    “Às vezes, com a produção excessiva de gases e com a distensão do intestino grosso, o paciente pode ter um desconforto muito grande e sentir dores semelhantes a de processos inflamatórios agudos no abdômen, como apendicite ou colicistite. E dependendo de onde esses gases estão localizados, eles podem ter dificuldade de sair, causando a distensão e a dor abdominal que leve a um atendimento de urgência”, diz Ferraz Neto. (Extra)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ