• Girl in a jacket
  • Sem PP, Jerônimo perde 39 segundos e ACM Neto pode ter dobro do tempo de TV ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


    Sem o PP na coligação governista, o pré-candidato do PT ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, perdeu 39 segundos de tempo de televisão e rádio. Com isso, o ex-prefeito soteropolitano ACM Neto (União Brasil) pode ter o dobro de tempo na disputa ao Palácio de Ondina, se conseguir manter a sua base política unida.

    Levantamento feito por Ismerim Advogados Associados, que o bahia.ba teve acesso, aponta que o pré-candidato petista pode ter aproximadamente 2 minutos e 26 segundos de tempo de TV e rádio, levando em conta apenas os segundos na adição. A soma tem em consideração o tempo dos seis maiores partidos que podem integrar a aliança petista: PT, PSD, PSB, PCdoB, Avante e PV.

    Já ACM Neto pode ter 4 minutos e 9 segundos de televisão. Só com o União Brasil, partido que surgiu da fusão DEM e PSL, o ex-prefeito terá 1 minuto e 25 segundos de tempo de TV. Com o PP o apoiando, Neto terá mais 39 segundos. Se mantiver MDB, Republicanos, PSDB e PDT na base, o pré-candidato da oposição terá quase o dobro do tempo do adversário.

    O PDT e MDB, no entanto, avaliam tomar novos rumos. O PDT pode lançar candidatura própria ao Senado, se o deputado federal Félix Mendonça Júnior não estiver na chapa de ACM Neto. O MDB, por sua vez, tem negociado com a base do governador Rui Costa (PT) e pode migrar.

    Já o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), se for candidato a governador pode ter apenas 44 segundos de tempo de televisão. Com a resistência do Republicanos de dar a legenda e ele, o deputado federal licenciado pode se filiar ao PL e ter apenas este partido e o PTB na sua coligação.

    A propaganda eleitoral no rádio e na televisão terá a duração de 35 dias, iniciando-se no dia 24 de agosto e encerrando-se na data de 29 de setembro (antevéspera das eleições).

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ