• Girl in a jacket
  • Mulher morre em casa após ser diagnosticada com ‘gases’ e liberada por médico ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


    Uma mulher morreu depois de procurar atendimento e ter sido vítima de um possível caso de negligência médica, em Santa Helena, na região Noroeste do Maranhão. Segundo a família de Altiane Costa Silva, de 43 anos, ela foi até o Hospital Municipal de Santa Helena sentindo muitas dores no peito. Ela teria sido atendida pelo médico Ubiratan Amorim Pereira, que disse se tratar apenas de ‘gases’, passou três medicações injetáveis, e liberou a paciente para casa. O caso foi registrado no dia 1º de abril.

    “A minha mãe voltou para casa porque não deixaram ela em observação. Chegando aqui, ela faleceu. Depois ela retornou ao hospital já morta e se recusaram a dar o laudo dela. Se o médico tivesse feito o trabalho dele, talvez a minha mãe não tivesse morrido”, relatou o filho de Altiane, Romário Carvalho, à Rede Mirante (TV Globo).

    Thank you for watching

    Nos dias seguintes, vários moradores foram às ruas para protestar por justiça e pela saída do médico Ubiratan. Eles afirmam que esse não foi o primeiro caso. “Até hoje querem dizer que foi ‘morte desconhecida’ e o médico não quer assinar o laudo da morte. Já foi para a Justiça, mas até hoje nem ele, nem o hospital dão o laudo para a gente. Para nós, ela infartou”, disse Romário.

    O caso é investigado pela Polícia Civil que informou que não vai divulgar detalhes do laudo, nem da investigação.

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ