• Girl in a jacket
  • Baiano poderá doar para Obras Sociais Irmã Dulce através da conta de energia ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


    Irmã Dulce costumava dizer que “Quando nenhum hospital quiser aceitar algum paciente, nós aceitaremos. Essa é a última porta e por isso eu não posso fechá-la”. Hoje, no entanto, a instituição, que se tornou a única opção para muita gente, passa por dificuldades e precisa de ajuda para se manter aberta.

    Nesta sexta-feira (20), a Neoenergia Coelba deu mais um passo nesta missão, por meio da campanha “Sua energia transforma vidas”. O acordo entre as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) e a empresa de energia elétrica possibilitará doações à instituição através da conta de luz dos baianos. Esse era um canal que já funcionava para as doações à Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Salvador.

    Thank you for watching

    “Essa é uma parceria histórica. Muita gente tem comentado: ‘ah, eu queria doar, mas de uma forma mais fácil’. Eu acho que essa é uma oportunidade para que todos os baianos possam colaborar conosco”, disse a superintendente da instituição, Maria Rita Pontes, durante a assinatura.

    O acordo foi assinado pela superintendente Maria Rita e pelo diretor-presidente da Neoenergia Coelba, Luiz Antônio Ciarlini. “Essa parceria atual é um novo passo para que a gente consiga contribuir com a Osid de uma maneira sustentável. Nossa responsabilidade, prestando um serviço que está dentro das casas de 15 milhões de baianos, vai gerar 6,3 milhões de canais para fazer com que essas contribuições cheguem”, destacou Ciarlini.

    A superintendente das Osid, Maria Rita, e o diretor-presidente da Coelba, Luiz Ciarlini (Foto: Arisson Marinho)
    O consumidor que desejar fazer uma doação mensal para as Obras Sociais Irmã Dulce deve entrar em contato com a Central de Relacionamento do Doador (CRD) da Osid, através do telefone (71) 3316-8899. Basta fornecer o número da conta contrato da residência para começar a doar.

    Ainda é possível realizar o cadastro para ser um doador, se dirigindo a um dos postos fixos do Projeto Vale Luz. No local, o cliente receberá uma ficha de inscrição. São nove postos distribuídos em Salvador e região metropolitana, incluindo o Shopping Barra, Salvador Norte Shopping e Salvador Shopping. Os demais podem ser consultados no site da distribuidora.

    Qualquer valor pode ser doado. “Outro dia eu peguei a conta de um consumidor da Ilha de Maré. Ele é um consumidor de baixa renda e tinha R$ 1 de doação para uma instituição. Era alguém que realmente estava precisando de ajuda, mas estava doando aquele R$ 1”, reforça Ana Mascarenhas, gerente de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia.

    Seu Roberto Nunes dos Santos, 64, sabe na prática como é ser acolhido na porta mais importante: a última porta de Irmã Dulce. Após sofrer uma queda que distendeu o seu braço, ele passou seis meses buscando um hospital que realizasse a cirurgia. Foi na Osid que ele encontrou vaga para o tratamento.

    “Para mim foi um grande milagre. Eu levei uma queda que distendeu o nervo do meu braço. Eu sei que, graças a Deus, eu consegui ser atendido em um lugar que é muito sagrado e merece muito a ajuda. Eu fui em vários lugares e só consegui aqui. Deus há de tocar no coração de todos para não deixar esse hospital fechar”, contou seu Roberto.

    A instituição, que atende anualmente 2,9 milhões de pessoas pelo Serviço Único de Saúde (SUS), passa por uma grave crise financeira, que ameaça a continuidade do seu funcionamento. A dívida acumulada é de R$ 24 milhões, que podem dar fim às atividades prestadas à população.

    Números
    Uma das mais respeitadas instituições filantrópicas do Brasil, as Obras Sociais acumulam importantes números anuais, como a realização de 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais na Bahia; 23 mil cirurgias e 43 mil internamentos realizados anualmente em todo o estado; 2,1 milhões de refeições servidas por ano para os pacientes; 954 leitos hospitalares somente na sede da Osid, em Salvador; 10,8 mil atendimentos por mês a pessoas com deficiência, na capital baiana; e 9 mil atendimentos mensais para tratamento do câncer em Salvador.

    Além das Osid, a Bahia possui outras 90 entidades filantrópicas que prestam atendimento pelo SUS. Dessas, 52% estão endividadas. Nos últimos 5 anos, 11 fecharam de vez as portas no estado. As informações são da Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia (Fesfba). Dentre as instituições em crise estão o Hospital Infantil Martagão Gesteira e o Hospital Aristides Maltez, referência nacional em tratamento de câncer. (Correio)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ