• Girl in a jacket
  • Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco é celebrado com campanha na Bahia ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


     Ação tem como objetivo promover debates sobre a importância de preservar a bacia hidrográfica, que abrange 8% do território nacional.


    O Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco é celebrado nesta sexta-feira (3) e, para destacar a importância da data, foi iniciada a campanha "Eu Viro Carranca para Defender o Velho Chico". A programação conta com palestras, exposição e minicursos nas cidades de Glória e Paulo Afonso.

    Idealizada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), a ação tem como objetivo promover debates sobre a importância de preservar a bacia, que abrange 8% do território nacional.

    A bacia hidrográfica do Rio São Francisco tem uma extensão 2,863 km e uma área de drenagem de mais de 639.219 km². Ela se estende desde Minas Gerais, onde o rio nasce, na Serra da Canastra, até o Oceano Atlântico, onde deságua, na divisa dos estados de Alagoas e de Sergipe.

    O 'Velho Chico', como é popularmente conhecido, passa pelas regiões Nordeste e Sudeste do país e se estende por mais de 500 municípios, em seis estados: Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, além do Distrito Federal.

    Na Bahia, o rio passa por diversas cidades, como Juazeiro, no norte, onde faz divisa com o estado de Pernambuco; Bom Jesus da Lapa, no oeste, que é marcada por forte presença de ribeirinhos; e Paulo Afonso, também no norte, onde abastece um dos maiores complexos hidrelétricos do Brasil, composto por um conjunto de usinas que produzem 4.279,6 megawatts de energia, gerada a partir da força das águas da Cachoeira de Paulo Afonso, um desnível natural de 80 metros do rio.

    Além disso, o Velho Chico também abrange o reservatório de Sobradinho, posicionada a 748 km de sua foz. Além da geração de energia elétrica para o Nordeste, esta é a principal fonte de regularização dos recursos hídricos da região, donforme a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

    O reservatório de Sobradinho tem cerca de 320 km de extensão, com uma superfície de espelho d'água de 4.214 km2 e uma capacidade de armazenamento de 34,1 bilhões de metros cúbicos, constituindo-se no maior lago artificial do mundo.


    Estudos feitos pelo comitê apontam dois problemas que refletem diretamente na saúde do rio: a perda de água potável e a falta de saneamento básico. De acordo com pesquisadores, ao distribuir água para consumo humano, há uma perda de 40% de água potável do rio, o que corresponde a 7,5 mil piscinas olímpicas de água potável perdidas todos dias, quantidade suficiente para abastecer 63 milhões de brasileiros em um ano.

    Desde 2013, a bacia do rio São Francisco enfrenta problemas adversos, com vazões e precipitações abaixo da média, com consequências nos níveis de armazenamento dos reservatórios. Para preservar os estoques de água, a operação dos reservatórios tem sido feita de forma especial e com acompanhamento periódico. (G1).

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ