• Girl in a jacket
  • Guilherme de Pádua e Paula Thomaz não tem assassinato de Daniella Perez em ficha criminal ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


    Guilherme de Pádua e Paula Thomaz, condenados pelo assassinato de Daniella Perez, não possuem o registro da morte da atriz em suas fichas de antecedentes criminais. As informações são do Notícias da TV. 

    O crime aconteceu há 30 anos e é documentado na série ‘Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez’, da HBO. Pádua chegou a declarar que assistiu ao longa (veja aqui). 

    Thank you for watching

    O advogado entrevistado pelo site conta que isso acontece por causa da reabilitação criminal, um benefício jurídico criado com a finalidade de colocar o condenado em sua situação anterior à condenação. 

    A publicação ainda informa que teve acesso, através da ferramenta de consulta criminal, aos antecedentes de Pádua e Paula, mas não há registro do crime de 1992.

    “Depois de dois anos determinada a pena, se a pessoa tiver bom comportamento público e privado, ela pode requerer a chamada reabilitação criminal. Se puxar uma certidão em nome da pessoa vai aparecer sem nenhum processo, isso porque a pessoa foi reabilitada criminalmente”, explicou o especialista.

    Importante destacar que caso uma certidão seja solicitada por um juiz para um processo criminal, todos os registros vão aparecer no sistema. 

    Julgados em 1997, cinco anos após a morte da filha de Gloria Perez, Pádua e Paula foram condenados a 19 anos de prisão por homicídio qualificado. Eles permaneceram em cárcere até 1999, quando ganharam liberdade condicional por bom comportamento.

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ