• Girl in a jacket
  • Ec Bahia fez 2 a 1, abriu cinco pontos de vantagem para o rival e nove do 5º colocado ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


     O roteiro da partida neste domingo (28) na Fonte Nova entregou tudo o que precisa para a torcida do Bahia lembrar do triunfo de 2 a 1 em cima do Vasco como um jogo memorável. Os 48.660 torcedores que lotaram a Arena e quebraram o recorde de público em partidas oficiais de clubes embalaram a equipe a buscar a virada e segurar o resultado até o apito final.

    Com os três pontos, o Bahia chegou a 47 e abriu cinco de vantagem do Vasco, que estacionou em 42 pontos. E melhor ainda: chegou a nove pontos de vantagem para o Londrina, atual 5º colocado na Série B, e garantiu a maior margem da equipe para outro clube fora do G4 até aqui.

    Mas o importante resultado não foi conquistado com tranquilidade. Das arquibancadas o primeiro grito de gol saiu do setor visitante. Mesmo tendo o controle do jogo, a defesa tricolor cedeu espaço para uma investida do Vasco aos 18 minutos da primeira etapa e foi o suficiente para o cruzmaltino abrir o placar.

    Nenê bateu dois escanteios seguidos e, na segunda cobrança, colocou a bola no centro da área para Tubarão, que se antecipou a Danilo Fernandes e cabeceou mal, mas viu a redonda bater em Goulart e desviar para a rede. O gol contra foi confirmado para o estreante tricolor.

    O camisa 16 ainda não sabia, mas o roteiro da tarde ainda guardava uma boa surpresa para o meio-campista. Mas antes de destacar o momento de redenção de Goulart, vale ressaltar que a equipe montada por Enderson Moreira teve dificuldades de manter o controle do jogo e viu o Vasco crescer em campo, mesmo passando mais tempo com a bola.

    A marcação subiu e o Bahia chutou suas escapadas apenas com bolas longas e finalizações sem direção de fora da área. O controle só voltou às mãos da equipe mandante quando Matheus Bahia, que fez um grande primeiro tempo, descolou uma boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro. Quintero, zagueiro vascaíno, deu o carrinho para cortar a bola, mas acabou devolvendo a gentileza feita pelo Bahia minutos antes. Gol contra do Vasco e 1 a 1 no placar.

    Pelo Lado esquerdo o Bahia voltou a ter boas subidas ao ataque, com o time pressionando os cariocas no campo de defesa, conseguiu um escanteio aso 45 minutos da primeira etapa. Lucas Mugni pegou bem na bola e lançou para o centro da área para Goulart subir sozinho e testar com força para o gol.

    O respiro da virada veio junto com o apito do intervalo. Na volta, o Bahia não perdeu o compasso e seguiu ditando o ritmo do jogo. Enderson promoveu a estreia de Ytalo, no lugar do artilheiro Da Vó, reforçou a marcação com a entrada de Rezende no lugar de Mugni e viu seu setor de ataque perder três chances claras de ampliar o placar.

    Mas no fim das contas o esforço no fim do primeiro tempo foi o suficiente para manter o Bahia na frente conquistar os três pontos, para delírio da torcida tricolor que parecia que não iria arredar o pé da Fonte Nova até as luzes serem apagadas. 2 a 1 no placar, triunfo tricolor e a caminhada rumo a Série A segue mais firme do que nunca. (Correio)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ