• Girl in a jacket
  • Estudantes de Ibotirama conquistam medalhas de ouro e prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

     

    Um estudante do Colégio Odontina Laranjeira de Souza, em Ibotirama, ganhou medalha de ouro na 25ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica (OBA). O premiado é Murilo Amorim, de 16 anos, já conhecido pelo gosto pelas olimpíadas científicas e com várias premiações, menções honrosas, títulos e outros reconhecimentos no currículo.

    O resultado veio depois de uma medalha de bronze, em 2020, como estudante da Escola Presidente Médici, e outra de prata, em 2021, a convite de alunos da mesma escola.

    Ao Gazeta 5, Murilo contou que aproveitou o ano pandêmico, em 2020, para participar de várias olimpíadas, já que a maioria delas aconteceu remotamente. Ele buscou grupos que o ajudassem a prepará-lo para as competições e descobriu a OBA nesse intervalo.

    O medalhista lembra com carinho do incentivo e apoio da professora Iolanda Delgado, do Médici, do Prof. Me. Romilson, do Odontina, e de outros professores, colegas e familiares.

    Além da Olimpíada Brasileira de Astronomia, Murilo participou da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) e foi convidado para representar a escola no Rio de Janeiro, na Jornada de Foguetes. Ele também participa da seletiva para as Internacionais de Astronomia.

    Neste ano, além do veterano, outra estudante de Ibotirama também foi premiada na OBA. Aluna do Rui Barbosa, Sabrina Queiroz conquistou medalha de prata na sua estreia na OBA, incentivada pelo atual campeão.

    A OBA e a MOBFOG são eventos abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, os quais devem preferencialmente participar voluntariamente. Entre os objetivos está fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia e pela Astronáutica e ciências afins. (Gazeta 5).

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ