• Girl in a jacket
  • Demissão em massa: Amazon desligará 10 mil funcionários a partir desta semana ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

     

    • A Amazon planeja demitir funcionários em seus setores corporativo e de tecnologia;

    • Este será o maior número de cortes de empregos realizados em qualquer ponto da história da gigante do comércio eletrônico

    • A companhia estaria sentindo os efeitos do mau momento econômico que prejudica grandes empresas de tecnologia.

    De acordo com uma reportagem do New York Times, a Amazon planeja demitir cerca de 10.000 funcionários em seus setores corporativo e de tecnologia a partir desta semana.

    Este será o maior número de cortes de empregos realizados em qualquer ponto da história da gigante do comércio eletrônico com sede em Seattle; A companhia estaria sentindo os efeitos do mau momento econômico que prejudica grandes empresas de tecnologia.

    As demissões afetarão principalmente os envolvidos com projetos ligados ao assistente de voz Alexa da Amazon, bem como seus departamentos de varejo e recursos humanos, de acordo com o Times.

    A empresa ainda não definiu um número específico de cortes de empregos, embora demitir 10.000 pessoas represente cerca de 3% de seu quadro de funcionários corporativos e menos de 1% de sua força de trabalho global de 1,5 milhão.

    As ações da Amazon estavam sendo negociadas em queda de mais de 2,3% ao meio-dia de segunda-feira. Os papéis caíram cerca de 41% no ano e estão no ritmo de seu pior ano desde 2008, segundo a CNBC.

    A companhia é a mais recente empresa de primeira linha a anunciar que está reduzindo significativamente seu quadro de funcionários como parte de um esforço para apertar os cintos.

    O Twitter, que recentemente foi adquirido pelo CEO da Tesla, Elon Musk, demitiu metade de sua força de trabalho . Cerca de 3.700 funcionários do Twitter perderam seus empregos nos últimos dias.

    A Meta, empresa controladora do Facebook, cortou 13% de sua equipe, o que se traduz em cerca de 11.000 funcionários que receberam demissões. Lyft, Stripe, Microsoft, Shopify, Netflix e Snap também reduziram centenas de funcionários. A Disney também relatou um congelamento de contratações na sexta-feira. (Folha).

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ