• Girl in a jacket
  • Girl in a jacket
  • Goiana se casa por procuração e cunhado diz ‘sim’ no lugar do noivo que está na Irlanda; vídeo ~ Blog Barreiras Noticias | Juninho Sem Maquiagem


    A goiana Isadora Torquato, de 26 anos, viralizou nas redes sociais após publicar um vídeo se casando por procuração com o cunhado enquanto o noivo dela está na Irlanda e assistiu a cerimônia por videochamada. Isadora e Venicio Borbora, de 27 anos, se conheceram na faculdade e ficaram noivos em novembro de 2022.

    O casamento aconteceu no dia 5 de maio, no Cartório Antônio do Prado, em Goiânia, e foi celebrado pelo juiz Vinicius Alves. Isadora publicou o vídeo no TikTok no dia 9 de maio e, até a tarde desta sexta-feira (12), a publicação teve 36,1 mil curtidas, além de mais de 800 compartilhamentos e 1,3 mil comentários.

    Na publicação, Isadora brinca que o noivo dela não foi para o casamento e ela acabou se casando com o cunhado, Gustavo Borbora. Em seguida, ela explica que Venicio está morando na Irlanda e que deixou uma procuração para que o irmão assinasse os papéis da união no lugar dele.

    História do casal

    Isadora nasceu em Goiânia e cresceu em Trindade, na Região Metropolitana da capital. Venicio nasceu e cresceu em Inhumas. A jovem conta que ela e o marido se conheceram em 2018, quando os dois estudaram juntos. “Nós nos conhecemos na faculdade e estamos juntos há três anos”, afirma.

    Os dois são engenheiros civis e, em novembro de 2022, Venicio foi morar na Irlanda após receber uma proposta de emprego. Assim como o casamento, Isadora conta que o pedido de casamento também foi por videochamada. “Conversando nós chegamos a conclusão que queríamos nos casar”, relata.

    Procuração e o casamento

    Após a decisão, o casal foi atrás de saber como seria o processo para oficializar a união com o Venicio morando em outro país. No cartório, Isadora deu início ao processo para o casamento e foi orientada que o noivo precisaria produzir uma procuração para permitir que o irmão assinasse os papéis.

    “O Venicio escreveu uma procuração específica para permitir que o Gustavo pudesse assinar os papéis para abrir o processo e no dia do casamento”, explica. A união foi oficializada no dia 5 de maio, contou com a participação das duas famílias do casal e o noivo assistiu por videochamada. 

     


    Fotos do casamento por procuração de Isadora e Venicio, em Goiânia — Foto: Arquivo pessoal/Isadora Torquato

    No vídeo publicado por Isadora, ela mostra a mãe dela segurando o celular para que Venicio pudesse assistir. Além disso, ela agradece à esposa do cunhado por “emprestar” ele para o casamento. “Eu ainda fiz uma piadinha falando ainda bem que o juiz não falou para beijar", brinca.

    As fotos do casamento também foram tiradas com Venicio por vídeo chamada. “Não foi estranho como todos achavam. Foi feliz e normal, pois essa é a nossa realidade e todos ficaram muito felizes”, comemora. Isadora deve se mudar para a Irlanda no dia 16 de junho e diz que está ansiosa pela lua-de-mel.

    Como casar por procuração?

    O g1 conversou com a advogada Maisa Lemos, especialista em Direito da Família, para entender como é o processo enfrentado por casais como Isadora e Venicio. A advogada afirma que o casamento por procuração é um processo burocrático, mas destaca que não é um “bicho de sete cabeças”.

    “As pessoas não sabem, mas o casamento é um ato muito solene e cheio de regras. São necessários muitos documentos, além das testemunhas. Para o casamento por procuração é uma formalidade a mais para o processo. É inusitado, mas não tem nada demais e é mais comum do que se imagina”, diz.

    A advogada explica que o noivo ou noiva que está fora do país deve escrever uma procuração específica junto ao consulado do local onde mora para permitir que outra pessoa formalize o casamento. “Tem que ser uma publicação pública e detalhar os nomes dos noivos e o cartório onde será feito”, finaliza.

     Por Augusto Sobrinho, g1 Goiás

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ