• Girl in a jacket
  • Reunião em Salvador discute transferência da Escola Cooperativa Chapadão para a Bahia: Desafios e Soluções ~ Blog Barreiras Noticias | Juninho Sem Maquiagem


     A reunião realizada na sede da Secretaria Estadual de Educação, em Salvador, teve como pauta central o adiamento da transição da Escola Cooperativa Chapadão, situada na Vila Panambi em Formosa do Rio Preto, do estado do Tocantins para a Bahia.
    O encontro, que ocorreu nesta segunda-feira (27), contou com a participação do presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Odacil Ranzi, que trouxe à mesa a necessidade urgente de discutir a transferência da responsabilidade educacional da referida escola.


    Inaugurada em 1994, a Unidade Escolar foi concebida e mantida com recursos provenientes dos próprios produtores rurais da região, tendo o suporte estrutural e pedagógico mantido pelo governo Estadual do Tocantins ao longo dos anos. No entanto, com a definição territorial estabelecida entre os estados do Tocantins e da Bahia em 2022, uma nova realidade emergiu, demandando a transferência integral da gestão e manutenção desta instituição de ensino para o estado da Bahia.

    O acordo territorial resultou na inclusão da comunidade de Nova Panambi no território baiano, trazendo consigo a necessidade de realocar a responsabilidade educacional da escola para a Bahia. “Fizemos essa reunião, que foi bastante produtiva, e a secretária se mostrou à disposição para encontrar uma solução, pois a Bahia tem que abraçar essa responsabilidade. Nosso objetivo é encontrar uma solução que permita a transição sem intercorrências, assegurando que o ano letivo de 2024 ocorra de forma estável e sob a gestão efetiva do estado da Bahia”, explicou o presidente da Aiba, Odacil Ranzi.

    Além da presença destacada do presidente da Aiba, a mesa de discussão contou com a participação ativa da Secretária Estadual de Educação, Adélia Pinheiro, coordenadoras pedagógicas, representantes da comunidade local, como o presidente da APG, Martim Döwich, e o pai de um dos alunos, Roberto Janzen.

    O deputado Estadual Eduardo Salles também marcou presença, unindo esforços em prol da resolução dessa situação complexa. “Parabenizo a sensibilidade da secretária estadual de Educação por entender a dificuldade logística dessa comunidade de agricultores e se prontificar a fazer o possível numa transição suave e consensual entre os Estados”, afirmou o parlamentar.

    Diante desse cenário, a reunião convergiu esforços para elaborar um plano que garanta uma transição eficiente, permitindo que a Escola Cooperativa Chapadão continue a desempenhar um papel crucial na educação local, agora sob a responsabilidade e administração do estado da Bahia.

    Ascom Aiba

     

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ