Moro desmente Bolsonaro: ‘Se fosse meu objetivo, teria concordado ontem’

Ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal, Sergio Moro usou suas redes sociais para rebater a acusação feita por Jair Bolsonaro na tarde desta sexta-feira (24). O presidente afirmou que Moro condicionou a troca na Polícia Federal a uma indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“A permanência do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca para minha nomeação para o STF. Aliás, se fosse esse meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição”, escreveu Moro, no Twitter.

Durante a manhã, o ministro anunciou que pediria demissão do Ministério da Justiça, por perceber a falta de compromisso de Bolsonaro com o combate à corrupção. Isso porque o presidente queria interferir nos quadros de chefia da corporação por motivações políticas.

Durante a madrugada, foi publicada a exoneração de Aleixo do comando da PF. Não foi anunciado ainda seu substituto, nem o de Moro.
Moro desmente Bolsonaro: ‘Se fosse meu objetivo, teria concordado ontem’ Moro desmente Bolsonaro: ‘Se fosse meu objetivo, teria concordado ontem’ Reviewed by CM on 14:51 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS