MDB libera bancadas para votar como quiserem sobre adiamento das eleições

O MDB decidiu liberar nesta 2ª feira (22.jun.2020) suas bancadas na Câmara e no Senado para votar como quiserem sobre o adiamento das eleições municipais.

O Congresso deve votar sobre a medida nas próximas semanas.

A sigla tem 35 deputados e 13 senadores. O partido é o que detém mais prefeituras no Brasil. A legenda também comanda 15 dos 96 maiores colégios eleitorais do país (municípios com mais de 200 mil eleitores, onde há 2º turno).


ADIAMENTO NÃO ENCONTRA CONSENSO NA CÂMARA

O adiamento terá mais dificuldade para avançar entre deputados que entre senadores. Quando ficou claro que prorrogar mandatos era uma hipótese fora de cogitação, prefeitos que tentarão se reeleger passaram a fazer forte pressão sobre a Câmara para derrubar o projeto.

A ideia é que o 1º e o 2º turno saiam de 4 e 25 de outubro, respectivamente, para datas até o meio de dezembro. Assim, seria possível manter a posse dos eleitos em 1º de janeiro. Como os atuais prefeitos têm as máquinas municipais na mão e são, em geral, mais conhecidos que os potenciais adversários, levam vantagem se o pleito for realizado o mais cedo possível.

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, passou a defender que seja aumentado o tempo de TV das campanhas para compensar a impossibilidade de comícios e outros eventos típicos do processo eleitoral.

O vice-presidente da Casa e chefe nacional do Republicanos, Marcos Pereira, disse em nota acreditar que deve ser estudada a hipótese de organizar as eleições com segurança em 4 de outubro.
MDB libera bancadas para votar como quiserem sobre adiamento das eleições  MDB libera bancadas para votar como quiserem sobre adiamento das eleições Reviewed by CM on 02:18 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS