SUS faz mais de 80 mil procedimentos após abortos malsucedidos no 1º semestre

 


O Brasil fez mais de 80 mil procedimentos após abortos malsucedidos no 1º semestre deste ano, apenas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), conforme levantamento feito pelo G1 com dados do DataSUS.


O número de mulheres atendidas pelo SUS foi 79 vezes maior que o de interrupções de gravidez previstas pela lei.  De janeiro a junho  de 2020, o SUS fez 1.024 abortos legais e no mesmo período, foram 80.948 curetagens e aspirações, processos necessários para limpeza do útero após um aborto incompleto. Os dados não diferenciam se os abortos fora provocados ou espontâneos, porém, esses procedimentos são mais frequentes quando a interrupção da gravidez é provocada e não de forma espontânea. 


O aborto no Brasil é  crime previsto no Código Penal Brasileiro desde 1984. Apenas em três  casos não é  considerado crime: quando a gravidez representa risco de morte para a gestante, em casos de estupro, ou se  o feto for anencefálico, ou seja, não possuir cérebro. 


Barreiras Notícias  /  G1

SUS faz mais de 80 mil procedimentos após abortos malsucedidos no 1º semestre SUS faz mais de 80 mil procedimentos após abortos malsucedidos no 1º semestre Reviewed by Jbarreiras on 10:17 Rating: 5

Sem comentários

Postagem em destaque

PRIME TELECOM | FIBRA ÓPTICA EM BARREIRAS