Uma tragédia chocou os moradores do Médio Sudoeste baiano na tarde deste domingo (31), no município de Iguaí. Uma jovem de 24 anos, identificada como Rayanne Almeida Salgado Oliveira, morreu afogada no Balneário Beach Park, um ponto turístico localizado no perímetro urbano da cidade.

De acordo com testemunhas, a estudante de pedagogia da Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (Uesb), entrou na água para retirar o irmão que estava indo para um ponto mais fundo do rio. Ela retirou a criança e depois retornou para água, porém, afundou e desapareceu. Algumas testemunhas achavam que ela estava simplesmente mergulhando, minutos depois, perceberam que se tratava de um afogamento e várias pessoas pularam na água com objetivo de salvar a moça.

Início das buscas

Ainda de acordo com testemunhas, próximo do local estava acontecendo um evento realizado por uma academia. Enfermeiras e técnicas de enfermagem que estavam a serviço da academia correram para o local, tentaram reanimar a jovem durante o percurso para o hospital, porém, ela não sobreviveu.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no hospital do município de Iguaí e removeu o corpo para o Instituto Médico Legal (IML), onde será submetido a exame cadavérico e depois liberado para os familiares.

Moradora do bairro Clodoaldo Costa, em Itapetinga, Rayanne estaria participando de uma excursão com a família, quando aconteceu a tragédia. O clima é de muita dor e comoção.

Fonte: IRepórter