html image example
Estudo para uso da azitromicina em pacientes com Covid não resulta em ‘ausência de sintomas’ ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

Um ensaio clínico que buscou analisar o efeito da azitromicina contra a infecção da Covid-19 em pacientes ambulatoriais não resultou em maior probabilidade de ausência de sintomas. A análise, publicada nesta sexta-feira (16), no Jama Network, é de autoria de departamentos das universidades da Califórnia, Standford.

“Entre os pacientes ambulatoriais com infecção por SARS-CoV-2, o tratamento com uma dose única de azitromicina em comparação com placebo não resultou em maior probabilidade de ausência de sintomas no dia 14. Esses achados não apoiam o uso rotineiro de azitromicina em pacientes ambulatoriais com SARS-CoV- 2 infecção”, apontou o estudo.

Ao todo, entre 263 participantes que foram randomizados (idade média, 43 anos; 174 [66%] mulheres; 57% brancas não hispânicas e 29% latinas / hispânicas), 76% concluíram o estudo. O estudo foi encerrado pelo comitê de monitoramento de dados e segurança por futilidade após a análise intermediária. No dia 14, não houve diferença significativa na proporção de participantes que estavam livres de sintomas (azitromicina: 50%; placebo: 50%; diferença de prevalência, 0%; IC de 95%, −14% a 15%; P> 0,99).

Dos 23 desfechos clínicos secundários pré-especificados, 18 não mostraram diferença significativa. No dia 21, 5 participantes no grupo azitromicina haviam sido hospitalizados em comparação com 0 no grupo placebo. (BN)