html image example
Governador anuncia retorno das aulas semipresenciais a partir de 26 de julho ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

O governador da Bahia, Rui Costa, disse, na noite desta terça-feira (13), que as aulas da rede pública de ensino da Bahia serão retomadas, de modo semipresencial, no dia 26 de julho. O anúncio foi feito durante o programa Papo Correria, encontro virtual em que o Rui Costa responde a perguntas em uma transmissão online.

Rui Costa informou que as aulas vão ocorrer de forma híbrida - parte presencial e parte remota - e em dias alternados. O gestor afirmou que ainda não há previsão de quando as aulas voltarão a ser 100% presenciais.

"Isso significa que serão em dias alternados, a turma será divida em duas, metade da turma irá segunda, quarta e sexta e a outra metade terça, quinta e sábado, por ordem alfabética, mas vamos dar a liberdade para que cada escola faça seu ajuste", disse o governador.

O governador revelou ainda que as salas de aula terão 50% da capacidade ocupada e divisão de grupos será por ordem alfabética. 

Rui Costa também falou sobre a necessidade de resolver um problema com aposentadorias na rede pública. O gestor informou que fará a ampliação da carga horária de professores de 20h para 40h semanais.

Também afirmou que vai convocar os professores aprovados na seleção do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA) de 2019, e dos aprovados no concurso público de 2017.

Sobre a aplicação da 2ª dose para os funcionários da Educação, Rui Costa disse que avalia tecnicamente a possibilidade com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

Durante o programa, ele também garantiu a oferta de transporte, alimentação escolar reforçada, internet com wi-fi de qualidade e auxílio presença aos alunos da rede estadual de ensino.

As aulas presenciais estão suspensas na Bahia desde março do ano passado, quando o estado registrava pouco mais de 10 casos confirmados de Covid-19.

Câmeras nos coletes de policiais

Durante o Papo Correria, Rui Costa disse que vai ampliar o sistema de videomonitoramento e de comunicação da segurança pública.

Segundo Rui Costa será implantados câmeras de reconhecimento facial em pontos estratégicos das cidades baianas. Os equipamentos também também instalados em algumas viaturas e nos fardamentos de policiais militares e civis.

“Nós vamos implementar o monitoramento de vídeo. No monitoramento de vídeo, passa inclusive pelo monitoramento e filmagem não só nas viaturas da PM, também não dar para ser a tropa inteira, porque são 32 mil homens, mas em operações específicas vai ter nas viaturas e nos coletes dos policiais, câmeras filmando a operação”.

“Isso vai ser feito assim como câmeras nas estradas, nas cidades, nas estações de metrôs, nos hospitais, nos postos de saúde, enfim", contou.

O governador afirmou que vai assinar o contrato para a realização da licitação do sistema de vídeo-monitoramento da polícia baiana ainda neste mês.

“Inicialmente, nós vamos implantar esse sistema em quase 80 cidades da Bahia”. 

Rui também revelou que autorizou a convocação do contingente residual de aprovados no último concurso da Polícia Civil e que outro concurso terá os preparativos iniciados. As secretarias da Administração (Saeb) e da Segurança Pública (SSP) vão organizar o certame para que 1 mil vagas sejam oferecidas.

“Serão 100 vagas para delegados, 100 vagas para escrivães e 800 vagas para agentes da Polícia Civil”, finalizou.