A China surpreendeu autoridades americanas ao testar um míssil hipersônico com capacidade nuclear que circulou a Terra. De acordo com informações do jornal “Financial Times”, o teste, que ocorreu em agosto, foi mantido em segredo.

Ainda segundo a publicação, o planador hipersónico estava armado com uma ogiva nuclear e foi lançado por um foguete do tipo Long Marche, desenvolvida pela China. 

O míssil circulou a Terra em órbita baixa antes de descer em direção a um alvo, mas errou a meta em cerca de 38 quilômetros. 

Difíceis de serem rastreadas, as armas hipersônicas em desenvolvimento por estes países são lançadas por um foguete ao espaço – a exemplo das naves utilizadas em missões espaciais. Elas voam a cinco vezes a velocidade do som, orbitam a Terra com o próprio impulso e são manobráveis, podendo desviar a rota inicial.

Com informações do G1