O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Bahia (ABRASEL-BA), Leandro Menezes, critica a falta de alinhamento entre o segmento e o Governo da Bahia. Segundo ele, há falta de diálogo.

“Nós temos um segmento que é muito heterogêneo”, ressalta, em entrevista ao programa BNews Agora , da Piatã FM, na noite desta segunda-feira (1º). “O mais interessado em ter controle da pandemia somos nós, porque passamos por tudo que a sociedade passou e ainda teve toda essa dificuldade de manter os nossos negócios”.

Thank you for watching

Segundo ele, estima-se que 30% das empresas de bares e restaurantes fecharam na Bahia – o que significa 18 mil empresas e 60 mil postos de trabalho a menos. “Por trás das empresas, têm as famílias dos empresários e trabalhadores”, destacam.

Leandro defende políticas de soluções voltadas a esse segmento que sofreram durante uma pandemia. Segundo eles, como empresas que conseguiram sobreviver conseguiram adquirir endividamentos que devem durar até cinco anos. (Bocao News)