Operação contra receptação e adulteração de veículos prende ex-prefeito de Curimatá — Foto: Divulgação/PCPI

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Polícia Civil do Piauí, cumpriu oito mandados de busca e apreensão e prendeu duas pessoas em flagrante na cidade de Curimatá, 750 km de Teresina, nesta sexta-feira (19). Um dos presos é ex-prefeito da cidade. As investigações apuram roubo de carga e receptação na região de Curimatá.

O g1 tentou, mas não conseguiu contato com a defesa do ex-gestor. O ex-prefeito foi autuado em flagrante delito por posse irregular de arma de fogo com sinais de adulteração, com ele foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola 380, além de munições dos citados calibres.

O ex-gestor já foi preso anteriormente, em 2008 e 2009, por suspeita de participação em um esquema de roubo de cargas.

Segundo o coordenador do Greco, o delegado Tales Gomes, os mandados de busca foram cumpridos Curimatá, Parnaguá e Luís Eduardo Magalhães-BA e o objetivo da operação era coibir crimes de porte de arma, adulteração e receptação de veículos.

Além do ex-prefeito da cidade, um funcionário da prefeitura de Curimatá, também foi preso suspeito dos crimes de receptação, uso de documento falso e adulteração de veículo automotor.

Foram apreendidas ainda um carro e um caminhão com restrição de roubo e furto.

“Em Luís Eduardo Magalhães foram apreendidos documentos falsos que serão analisados a fim de avançar na investigação”, destacou a nota da Polícia Civil.

O Greco contou com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais – CORE os mandados foram expedidos pela comarca de Avelino Lopes – PI. (G1).