Um trecho de uma pregação do copiloto do avião em que Marília Mendonça viajava no dia do acidente se tornou viral nas redes sociais. Tarcísio Pessoa Viana era membro de uma igreja evangélica em Brasília e atuava em um ministério de casais.

“A força mais poderosa que existe na Terra é a oração. A Bíblia nos conta uma história tão extraordinária! Um homem ia morrer, e Deus falou para ele colocar a casa em ordem porque ele ia morrer. É o único momento na Bíblia que não é por causa de pecado, erro ou por causa da lei”, introduz o copiloto.

A mensagem, embasada em Isaías 38, narra um recado de Deus ao rei Ezequias, cobrando que o governante consertasse seus erros e os rumos da nação. Na pregação, Viana destaca que o quebrantamento do rei transformou uma sentença de morte em vida:

“Deus falou para ele que iria colher ele, mas a Bíblia diz que ele virou o rosto para a parede, chorou muitíssimo e orou”, acrescenta Viana, que era membro da Igreja Jesus da Videira, em Brasília (DF).

Esse trecho da pregação vem circulando nas redes sociais, emocionando fãs da cantora e intrigando fiéis. O piloto do avião, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, também era evangélico, membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, também de Brasília, de acordo com informações do canal Conttei, no YouTube.

Origens

Outro vídeo que vem sendo amplamente compartilhado mostra a cantora Marília Mendonça, em 2013, cantando em um festival de música gospel em uma igreja evangélica.

Na ocasião, ela interpretou Faz Um Milagre em Mim, de Regis Danese, e foi bastante aplaudida pelos participantes do evento.

A cantora, falecida na última sexta-feira, 05 de novembro ao lado de dois assessores, o piloto e o copiloto, havia falado sobre suas origens em relação à fé e à música durante uma entrevista ao jornalista Leo Dias, em abril passado.

Nessa conversa em abril passado, Marília Mendonça contou que viveu um período de quebrantamento durante a pandemia: “É essa hora que eu entro ali, no meu íntimo, ali… me aproximei muito de Deus nessa pandemia. Me reaproximei muito. Sou uma pessoa que fui criada dentro da igreja evangélica”.

A mãe de Marília, descrita por ela como “uma mulher de oração”, falou sobre a perda: “Tudo é d’Ele, por Ele, para Ele. Deus me deu, tirou, bendito seja o nome do Senhor”, escreveu Ruth Moreira nas redes sociais.

A última publicação de Marília Mendonça ao lado da mãe mostra um dueto das duas, cantando Quero Ser Como Criança, de David Quinlan. As duas estavam na companhia de Leo, filho da artista.por Tiago Chagas / Gospel +


ASSISTA: