O trabalhador identificado como Agnaldo Alves dos Santos, 46 anos, natural de Riachão das Neves (Ba), sofreu um mal súbito, provavelmente um ataque cardíaco ao começar as atividades do dia na fazenda.

A Delegacia de Polícia acionou uma equipe do Departamento de Polícia Técnica que fez os primeiros levantamentos periciais. A Funerária São Mateus teve autorização para a remoção do corpo no lugar do rabecão que está em revisão mecânica.

De acordo com a família, Agnaldo já possuía problemas cardíacos e a família tem histórico desse problema em seu meio. A irmã de Agnaldo faleceu do mesmo problema há oito dias. Agnaldo trabalhava há 15 anos na fazenda, era um funcionário ativo e muito bem quisto por todos. Deixa esposa e filha. fonte:BlogBraga