Em parceria com a prefeitura para garantir infraestrutura básica para a população, a Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) está avançando na expansão da rede de esgotamento sanitário no bairro São Sebastião, em Barreiras. Iniciado no mês de novembro, a previsão é que sejam implantados 1.295 metros de rede coletora e ramais prediais que vão garantir o atendimento com o serviço de coleta e tratamento de esgoto para novos 120 imóveis. Ao avançar na implantação da rede, a previsão é que até o final do ano, cerca de 82% da sede do município de Barreiras seja beneficiada com a operação do serviço de esgotamento sanitário.

 Com a obra sendo realizada em frente à sua casa, a moradora Maria Batista Cardoso, que mora há dois anos no bairro, vê na implantação da rede um futuro com mais qualidade de vida. “Muitas casas jogam esgoto diretamente na rua. Todos aqui ficamos doentes com dengue, acredito que isto vai melhorar mais”, afirma. Já o morador Juraci Nunes da Gama, também está ansioso para o momento que os imóveis possam finalmente se interligar à rede que vem sendo implantada. “Moro há cerca de 16 anos no bairro. Aqui em casa, todos tiveram dengue. O esgoto é jogado direto na rua e a água empoçada o ano todo acaba trazendo doenças", afirma.  

 
Assim como vem ocorrendo nos bairros Barreirinhas, Morada da Lua e Morada Nova, o gerente de esgotamento sanitário da Embasa, Vagner Pereira, explica que as obras de expansão vêm ocorrendo em parceria com a Prefeitura de Barreiras, que deverá pavimentar o local logo depois de concluída a implantação da rede de esgotamento sanitário. “Este trecho do bairro São Sebastião é um local crítico porque a maioria dos imóveis não tem fossa séptica e se vê claramente a falta de saneamento básico nas ruas. O serviço em funcionamento vai trazer um benefício direto e perceptível para quem mora no bairro”, reforça.

Assessoria de Comunicação da Embasa