O torcedor do Bahia Ailton Mangueira da Cunha teve seu corpo sepultado na tarde desta sexta-feira (10) após sofrer um infarto fulminante enquanto assistia o jogo contra o Fortaleza na noite desta quinta-feira (10), partida que rebaixou o tricolor baiano para a Série B.

Uma das filhas de Ailton, Ludmila Cunha, anunciou a morte do pai no Twitter. “Ainda sem chão, a ficha não cai. Meu pai teve um infarto assistindo ao jogo. Parece que abriram um buraco no meu coração, dói tanto”, escreveu ela. Muitos torcedores se solidarizaram com a situação.

Extremamente abalada, a filha disse que queria que tudo fosse um pesadelo. “Eu só queria que fosse um pesadelo e eu acordasse e você estivesse do meu lado. Eu te amo, meu pai! Onde quer que esteja, você foi e será sempre meu herói. Você me ensinou tanta coisa, só não me ensinou como viver sem você”, escreveu  a jovem em outra rede social.

O Bahia manifestou condolências e enviou uma coroa de flores para a família do torcedor.