A apresentadora Xuxa Meneghel manifestou revolta contra os vereadores da bancada evangélica de Salvador, após a repercussão do discurso da vereadora Laina Crisóstomo (PSOL) em sessão da última quarta-feira (2).

A parlamentar chorou ao falar do preconceito que já sofreu por ser lésbica e com a resistência da bancada evangélica em colocar em votação o Plano Municipal de Cultura, devido à presença da temática LGBTQIA+ entre os eixos do documento. O projeto já tramita na casa há cinco meses.

Xuxa comentou em um perfil do Instagram, que publicou uma matéria sobre o discurso da vereadora, e acusou os vereadores conservadores de usarem o nome de Deus para justificar seus preconceitos. “Deus não é preconceituoso, Deus não discrimina ninguém, Deus é amor, parem de usar o nome de Deus pra destilar seus venenos”, escreveu a rainha dos baixinhos.

A apresentadora ainda questionou o argumento dos vereadores evangélicos de respeitar a orientação sexual das pessoas.