A Gol emitiu nesta quinta-feira (6) um alerta para possíveis impactos em voos da empresa, após aumento no número de funcionários afastados por Covid e influenza.

 “Estamos vivenciando um aumento de casos de gripe, influenza e Covid-19 no Brasil e no mundo, esse último causado pela variante ômicron, altamente contagiosa. Apesar dessa variante ser menos agressiva, temos recebido diariamente um volume de dispensas médicas tanto do grupo de voo quanto das equipes de solo e demais áreas administrativas maior do que o planejado. Felizmente, todos os casos reportados são leves, não havendo nenhum registro de internação ou complicações no momento. Diante desses fatos, geramos um alerta preventivo com relação a possíveis impactos em nossas operações”, disse a companhia.

É o segundo movimento entre empresas aéreas brasileiras nos últimos dias. Na quarta (6), a Azul informou que os seus voos já estavam sendo impactados em razão do número de tripulantes doentes. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse que está monitorando a operação das empresas aéreas e vai atuar para minimizar o impacto aos voos.

Confira o comunicado da Gol na íntegra

“A Gol Linhas Aéreas está atenta ao aumento de casos de Covid e influenza que está sendo registrado em todo o Brasil. Aumentamos o alerta para nossas equipes que atuam nos aeroportos e em nossos voos para redobrarem os cuidados. O uso de máscara é obrigatório em todas nossas operações.

Houve nos últimos dias um aumento dos casos positivos entre colaboradores, mas nenhum voo foi cancelado ou sofreu alteração significativa por este motivo. Os funcionários que apresentam resultado positivo estão sendo afastados das funções para se recuperarem em casa com segurança.

A companhia tem tomado medidas internas, todas dentro das normas regulatórias, para garantir a operação dos próximos dias.

Em relação a clientes, os casos positivos reportados antes do embarque estão sendo tratados com três opções oferecidas aos passageiros: cancelamento com o reembolso do valor total; cancelamento, mas com o valor total deixado como crédito para futuras compras; ou remarcação sem custos adicionais.

Como desde o início da pandemia, a Gol acompanha as diretrizes das autoridades de Saúde e as atualizações realizadas por parte das autoridades da aviação. Neste momento, a companhia tem 100% dos seus Colaboradores vacinados e confia que somente com a população amplamente imunizada será possível superar mais este desafio que a pandemia apresenta”.