• Girl in a jacket
  • COM TRÊS GOLS NO SEGUNDO TEMPO, BRASIL GOLEIA O PARAGUAI PELAS ELIMINATÓRIAS ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral


     O Brasil venceu o Paraguai por 4 a 0 e chegou a 15ª vitória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Em uma noite chuvosa, a Seleção dominou a partida do início ao fim e jamais foi ameaçada pelos paraguaios. Raphinha, Philippe Coutinho, Antony e Rodrygo marcaram os gols e construíram o placar no Mineirão, em Belo Horizonte. 

    O próximo compromisso brasileiro acontece em 24 de março, contra o Chile, pela 17ª rodada das Eliminatórias. Cinco dias depois, o rival será a Bolívia, fora de casa. Os jogos serão decisivos para as observações do técnico Tite visando a Copa do Mundo.

    Thank you for watching

    Com a classificação para o Catar garantida, o jogo foi novamente utilizado pelo treinador para observar atletas e posicionamentos táticos na equipe titular. O time teve seis novidades, como Ederson no gol, e Daniel Alves e Alex Telles nas laterais. A formação utilizada foi o 4-3-3, com o tripé de meio-campo formado por Fabinho, Lucas Paquetá e Philippe Coutinho. 

    O primeiro tempo foi de absoluto domínio da Seleção Brasileira, que não deu tempo para o Paraguai respirar e marcou um gol logo aos dois minutos, com Raphinha. No entanto, o atacante do Leed United dominou a bola com a mão antes da conclusão, fazendo com que o mesmo fosse anulado pela arbitragem. 

    Aos 16 minutos, Raphinha apareceu novamente no ataque, quando recebeu um belo passe de Vinícius Júnior e, dentro da pequena área paraguaia, perdeu a chance de abrir o placar. Contudo, o jogo ainda apresentaria uma melhor sorte para o gaúcho. 

    Aos 27, ele recebeu um lançamento de Marquinhos, invadiu a área do Paraguai, limpou o zagueiro Junior Alonso e bateu de perna esquerda, mandando a bola para o fundo das redes: 1 a 0 para o Brasil. 

    A vantagem deu mais tranquilidade para a Seleção Brasileira, que se soltou no jogo e viu atletas como Daniel Alves, Alex Telles, Coutinho e Matheus Cunha aparecerem mais. Ao todo, foram 10 conclusões brasileiras na primeira etapa, enquanto os Guaranis não ameaçaram a meta de Ederson. Telles, Vini Jr e Lucas Paquetá tiveram oportunidades de ampliar o marcador ainda no primeiro tempo, mas sem sucesso. 

    Sem baixar a rotação, o Brasil voltou para o segundo tempo disposto a ampliar o marcador. Quase conseguiu novamente com Raphinha, aos três minutos, porém a sua conclusão, após jogada de Vinicius Júnior, parou na trave. Cinco minutos depois, Alex Telles encontrou Matheus Cunha na área, mas o centroavante cabeceou para fora. 

    Aos 16 minutos, Coutinho fez jus a nova oportunidade de Tite e se credenciou para uma vaga na Copa do Mundo. Após passe de Marquinhos, ele recebeu na intermediária ofensiva e bateu colocado, com muito efeito, encobrindo o goleiro Silva e marcando um golaço, ampliando para 2 a 0 a vantagem brasileira. 

    No transcorrer do jogo, Tite ainda pode observar novamente os meio-campistas Everton Ribeiro e Bruno Guimarães e Gabriel Jesus. Além deles, Antony e Rodrygo entraram e fizeram a diferença no placar. O primeiro marcando um golaço de perna esquerda, aos 41 minutos: 3 a 0. Na jogada seguinte, ele tabelou com Bruno Guimarães, que serviu Rodrygo para fazer 4 a 0 e fechar o placar no Mineirão. 

    FICHA TÉCNICA  

    Brasil 4×0 Paraguai

    Eliminatórias
    16ª rodada — 01/02/2022  

    BRASIL
    Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Telles; Fabinho, Lucas Paquetá (Rodrygo, 36’/2º) e Philippe Coutinho (Bruno Guimarães, 27’/2º); Raphinha (Everton Ribeiro, 36’/2º), Vinicius Júnior (Antony, 15’/2º) e Matheus Cunha (Gabriel Jesus, 15’/2º). Técnico: Tite.   

    PARAGUAI
    Antony Silva; Robert Rojas (Escobar, INT), Fábian Balbuena, Junior Alonso e Santiago Arzamendia (David Martínez, INT); Brian Ojeda, Mathias Villasanti (Benítez, 23’/2º), e Richard Sanchez; Miguel Almirón, Brian Samudio e Carlos González (Sanabria, 23’/2º). Técnico: Guillermo Barros Schelotto.

    GOLS: Raphinha, aos 27 minutos do primeiro tempo; Philippe Coutinho, aos 16, Antony, aos 40, e Rodrygo, aos 42, do segundo tempo.
    CARTÕES AMARELOS: Arzamendia, Villasanti, Junior Alonso (P)

    ARBITRAGEM: Facundo Tello, auxiliado por Ezequiel Brailovsky e Maximiliano Del Yesso. VAR: Patricio Loustau (ARG)
    LOCAL: Mineirão, Belo Horizonte-MG

    Próximo jogo
    24/3 (quinta-feira)
    Brasil x Chile
    Eliminatórias (17ª rodada)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ