• Girl in a jacket
  • Mulher acorda de coma, acusa marido de tê-la queimado e morre em seguida ~ Blog Barreiras Noticias | Juninho Sem Maquiagem


     Uma mulher de 27 anos morreu nessa semana depois de um mês internada em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, por conta de queimaduras em 90% do corpo. Antes de morrer, Pamela de Oliveira da Silva chegou a acordar do coma em que estava e acusou o marido pelo crime, que aconteceu na cidade de Rochedo.


    Pamela foi encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande em 21 de julho, depois de sofrer as queimaduras em Rochedo, que fica a 67 km da capital. Ela ficou boa parte da internação em coma, mas dias antes de morrer apresentou uma melhora e acordou. Ela contou que o marido ateou fogo nela na frente dos filhos do casal, de 10 e 6 anos.

    A versão dada por Pamela antes da morte é diferente do que havia contado o marido no boletim de ocorrência. Ele contou que toda família estava em casa quando Pamela teria ateado fogo em si mesma. Ele contou ainda que tentou ajudar usando um cobertor e no desespero jogou Pamela na caixa d'agua cheia da casa.

    O pai de Pamela foi até a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) depois do relato dela para denunciar o caso. Segundo o G1, ele contou que o casal teve uma briga e o genro jogou quatro litos de gasolina no quarto. A mulher pediu então para os filhos irem brincar fora de casa. O marido teria agredido Pamela com socos e chutes e quando ela caiu no chão usou um fósforo para causar o fogo, fechando a porta do cômodo.

    A neta mais velha chegou a procurar uma tia para contar o que tinha de fato acontecido, mas revelou que as duas crianças tinham sido ameaçadas pelo pai.  Fonte: G1

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ