• Girl in a jacket
  • Cientistas japoneses criam baratas ciborgues para atuar em áreas de desastre ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

     

    Insetos carregam mochilas de células fotovoltaicas e eletrônicos

    Cientistas japoneses do instituto de pesquisa Riken desenvolveram uma tecnologia capaz de transformar baratas em ciborgues, através de dispositivos eletrônicos que controlam os movimentos dos insetos. Entre as possíveis aplicações da tecnologia está seu uso em cenários de desastres naturais, como terremotos.

    Um artigo documentando os avanços da pesquisa do instituto Riken foi publicado no dia 5 de setembro, na revista Nature.

    Nessas situações, as baratas ciborgues poderão ser as primeiras a localizar sobreviventes soterrados sob os escombros de construções. Veja abaixo um vídeo do instituto que mostra um desses insetos em operação:

    As baratas são controladas por controle remoto após serem ligadas a equipamentos, que funcionam por meio de energia solar. Foi desenvolvido uma fita de células solares de apenas 4 microns de largura, o equivalente 1/25 de um fio de cabelo humano.

    O material é ligado ao abdômen do inseto e serve também para enviar sinais aos órgãos sensoriais das baratas, que ficam em suas partes traseiras. Com isso, é possível guiá-las.

    A vantagem apontada pelos cientistas em relação a robôs convencionais é a economia de energia, já que ela só é necessária para guiar o inseto e não para criar o movimento em si. Para que a tecnologia seja posta em prática, no entanto, é necessário ainda alguns avanços, como a necessidade que o equipamento seja ainda menor. (Extra Globo).

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ