• Girl in a jacket
  • Fundão do MDB destinou 304 mil para a campanha de Karlucia Mecêdo ~ Blog Barreiras Noticias | Oeste Baiano no Geral

    Foto Reprodução/ Mais Oeste
    Partidos distribuem mais de R$ 57 milhões entre os candidatos à AL-BA

    Ao todo, o MDB doou R$ 1,649 milhão aos candidatos a deputado estadual.

    Com a bagatela de R$ 4,9 bilhões de fundo eleitoral neste ano, os partidos políticos vêm realizando a distribuição do fundão entre os cargos eletivos em disputa no pleito de outubro. Visando montar uma forte bancada na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), as principais siglas da região doaram, ao todo, mais de R$ 57 milhões para os candidatos a deputado estadual.

    O Bahia Notícias fez um levantamento dos postulantes à AL-BA que mais ganharam recursos do fundo eleitoral de seus partidos, considerando as 10 maiores siglas do país.

    O União Brasil, que é liderado na Bahia pelo candidato a governador, ACM Neto, foi o partido que mais realizou doações, com a distribuição de R$ 18,423 milhões do fundo eleitoral entre os candidatos a deputado estadual. Vale lembrar que o partido foi o que mais recebeu recursos do fundão neste ano, tendo direito a R$ 758 milhões.


    A segunda sigla que mais fez doações entre os candidatos a deputado estadual foi o PP, distribuindo R$ 11,42 milhões entre os postulantes a um cargo na AL-BA. Em seguida, aparece o partido do atual presidente da Assembleia, Adolfo Menezes, com o PSD realizando a repartição de R$ 7,095 milhões. Logo atrás vem o PT, doando R$ 6,21 milhões.


    Confira a seguir os nomes dos candidatos estaduais que mais receberam verbas dos 10 principais partidos até as 18h desta quarta-feira (21), considerando apenas doações de R$ 100 mil ou mais. A ordem dos partidos foi definida conforme as siglas que mais destinaram verbas ao postulantes à AL-BA.


    UNIÃO BRASIL

    O partido do candidato a governador ACM Neto, tem como prioridade a reeleição de Kátia Oliveira na Assembleia Legislativa. A deputada foi, de forma isolada, a que mais recebeu recursos da sigla, obtendo R$ 1,645 milhões em doações da legenda. Em seguida aparece a também candidata à reeleição na AL-BA, Mirela Macedo, recebendo R$ 1,27 milhões.


    Atrás da dupla de parlamentares estaduais, aparecem os atuais deputados Alan Santos e Sandro Régis, com aproximadamente R$ 1,1 milhão para cada um. Entre os maiores “beneficiários” também aparece o ex-vice-prefeito do município de Santaluz, da região do Sisal, Marcinho Oliveira, que recebeu mais de R$ 986 mil do fundo eleitoral.


    PP

    O segundo partido que mais fez doações a candidatos a deputado estadual teve uma distribuição mais uniforme entre os postulantes. Disputando sua primeira eleição, Daniela Andrade foi a candidata que mais recebeu recursos do PP, chegando na casa dos R$ 950 mil.


    Em seguida, aparece o ex-candidato à prefeitura de Santo Estevão, da região do Portal do Sertão, Carlinhos do LM, e a estreante Soraia Cabral, recebendo a quantia de R$ 800 mil do fundo eleitoral.


    PSD

    O partido do atual presidente da AL-BA tem como prioridade eleger Angelo Coronel Filho, que é filho do senador de mesmo nome. O estreante em eleições recebeu R$ 1,25 milhão em doações do PSD.


    Atrás dele, a ex-prefeita de Barreiras e atual deputada estadual, Jusmari Oliveira, aparece entre as maiores receptoras de fundo eleitoral, com R$ 1,05 milhão. Em seguida, também há uma ex-chefe do executivo de um município do interior da Bahia, Vera da Saúde, que foi prefeita de Maragogipe e recebeu R$ 825 mil em doações.


    Um destaque vai para Adolfo Menezes, que é candidato à reeleição e presidente da Casa, mas é um dos que menos obteve recursos do fundo eleitoral, recebendo a quantia de R$ 100 mil.


    PT

    O atual partido com mais representantes na Assembleia Legislativa, com 13 deputados na Casa. Entre as maiores doações da sigla, aparecem empatados os candidatos à reeleição Rosemberg Pinto e Zé Raimundo, ambos recebendo cerca de R$ 509 mil do Partido dos Trabalhadores.


    Na sequência, aparece o atual deputado estadual, Jacó, com mais de R$ 504 mil em doações do fundo eleitoral. Também buscando a reeleição, o candidato Bira Coroa fecha a lista dos que mais receberam recursos do PT, com R$ 468 mil.


    Nestas eleições, a sigla é considerada a principal rival do União Brasil, tanto para o campo executivo, com a candidatura de Jerônimo Rodrigues, quanto para o legislativo. O PT busca manter o posto de partido com mais representantes na AL-BA, mesmo com a cola do União, que atualmente possui 12 deputados.


    REPUBLICANOS

    Atualmente com três representantes na AL-BA, o Republicanos tem como sua principal aposta a eleição da atual vereadora de Serrinha, Edylene Ferreira. A parlamentar municipal foi a que mais recebeu doações do fundo eleitoral, chegando a R$ 830 mil. Edylene chegou a ser cotada para a vaga de vice na chapa de ACM Neto, ocupada no apagar das luzes por Ana Coelho.


    Também figurando entre as candidatas que mais receberam recursos, a ex-candidata a vice-prefeita de Teixeira de Freitas, Tatiane Ruas, obteve mais de R$ 670 mil do fundão. Completando os postulantes com maior quantia em doações, Elaine Cruz fecha a lista com R$ 315 mil.


    Ao todo, o Republicanos doou R$ 3,459 milhões aos candidatos a deputado estadual.

    PSB

    O PSB, aparentemente, tem como prioridade a reeleição de seus parlamentares na Assembleia Legislativa. A candidata que mais recebeu recursos do fundo eleitoral foi Fabíola Mansur, que está na AL-BA desde 2015, com a quantia de R$ 800 mil.

    Logo atrás aparece o também candidato à reeleição Angelo Almeida, no qual recebeu R$ 700 mil em doações do PSB. Em seguida, aparecem empatados o vereador de Salvador Sílvio Humberto, Gazo e Soane Galvão, recebendo R$ 200 mil cada um.

    Ao todo, o PSB doou R$ 2,922 milhões aos candidatos a deputado estadual.

    PSDB

    A principal aposta do PSDB é a reeleição do ex-vereador de Salvador, Paulo Câmara, que ficou na Câmara Municipal entre 2008 e 2018. O deputado recebeu a quantia de R$ 500 mil em doações do partido para as eleições deste ano. Em seguida, quase empatado, aparece Tiago Correio com R$ 495 mil.

    Atrás da dupla aparece o ex-vereador de Paulo Afonso, Mário Galinho, e o ex-vereador de Feira de Santana, Pablo Roberto. Os dois ex-parlamentares municipais receberão a doação de R$ 300 mil.

    Ao todo, o PSDB doou R$ 2,25 milhões aos candidatos a deputado estadual.

    PDT

    Buscando ampliar sua participação na Assembleia Legislativa, o PDT tem como seu principal candidato o vereador de Salvador Emerson Penalva, no qual recebeu mais de R$ 180 mil em fundo eleitoral.

    Além disso, o PDT aposta no ex-prefeito de Araci, Silva Neto, com a doação de R$ 150 mil para a campanha do candidato a deputado. Fechando os nomes que receberam a maior quantia de fundo eleitoral, aparece o Dr. Edson Dantas, com o recebimento de R$ 115 mil em recursos.

    Ao todo, o PDT doou R$ 1,942 milhão aos candidatos a deputado estadual.

    PL

    Com apenas um deputado na Assembleia Legislativa, a principal aposta do PL para as eleições deste ano é Kátia Bacelar. A candidata recebeu mais de 60% do valor total de doações do partido para os deputados estaduais, chegando na casa dos R$ 1,1 milhão.

    Outra aposta da sigla é o nome da ex-candidata a vice-prefeita Itagibá, Deborah Alcantara. A postulante à AL-BA recebeu R$ 200 mil em doações do PL. Fechando a lista dos maiores receptores, aparece o nome de Vitor Azevedo com R$ 90 mil.

    Ao todo, o PL doou R$ 1,811 milhão aos candidatos a deputado estadual.

    MDB

    Único partido entre os 10 principais a não ter um representante na Assembleia Legislativa, o MDB aposta na candidatura da ex-vice-prefeita de Barreiras, Karlúcia Macêdo. A sigla destinou mais de R$ 304 mil do fundo eleitoral para a campanha da candidata.

    Logo após Karlúcia, a vereadora de Vitória da Conquista, Lúcia Rocha, também figura entre as candidaturas que mais receberam recursos do fundão do MDB, com R$ 300 mil em doações. Fechando a lista, com mais uma candidata, a estreante em eleições, Clara, recebeu R$ 250 mil em doações do partido.

    Ao todo, o MDB doou R$ 1,649 milhão aos candidatos a deputado estadual.

    Fonte Bahia Notícias.

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ