• Girl in a jacket
  • Ex-namorado de Gugu Liberato acusa juiz de homofobia após negar pedido de união estável ~ Blog Barreiras Noticias | Juninho Sem Maquiagem


     O ex-namorado de Gugu Liberato, o chef de cozinha Thiago Salvático, de 33 anos, revelou que ficou bastante revoltado com o resultado da ação que moveu na Justiça para ter uma união estável com o jornalista, que morreu em novembro de 2019, aos 60 anos.

    Em conversa à revista Quem, Thiago comentou que o juiz entendeu que, mesmo apresentando trocas de mensagens e fotos dos dois juntos em viagens, a Justiça não poderia reconhecer o relacionamento, já que não foram vistos juntos durante os oito anos em que estiveram num relacionamento, segundo o chef..

    “O juiz usou como base a ‘família tradicional brasileira’. Aquela união estável mulher e homem, que pode ser pública, sem qualquer julgamento do entorno, sem sofrer preconceito, xingamentos. Em uniões homoafetivas, muitas vezes, essa publicidade é relativizada, e reconhecida pelos tribunais, tanto é que confio na reversão dessa decisão”, afirmou Salvático

    O chef de cozinha também apresentou uma conta bancária conjunta que tiveram durante os anos em que namoraram, além das senhas de cartões, do Instagram, mas para o juiz, isso não foi suficiente. “Hoje, ter acesso a uma rede social de uma das maiores figuras da TV, é algo muito mais relevante e mostra o quanto eu estava presente na vida dele, pois ninguém, além de nós dois, tinha a senha”, ponderou o cozinheiro.

    Ainda na conversa, Thiago relembrou que Leandro Karnal assumiu o casamento com o marido e que essa exposição é complicada para pessoas públicas. Ele afirma que Gugu tinha esse receio também de mostrar que estava em uma relação com outro homem.

    “Karnal [Leandro], dias atrás, assumiu o marido, com quem se relaciona há quatro anos, e que era absolutamente desconhecido pelo público. E assim o fez certamente com o mesmo receio que o Gugu tinha. Basta ver a enxurrada de comentários negativos e homofóbicos nas redes sociais do Karnal após se assumir”, disse. (G1)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ