• Girl in a jacket
  • Girl in a jacket
  • Baianos são resgatados de trabalho análogo à escravidão no Rio Grande do Sul ~ Blog Barreiras Noticias | Juninho Sem Maquiagem


     Uma ação conjunta realizada pela Polícia Federal, Ministério do Trabalho e Emprego e Polícia Rodoviária Federal, na quarta-feira (22), identificou e resgatou cerca de 180 trabalhadores submetidos à condição análoga à escravidão, no Rio Grande do Sul.

    Segundo a PF, os trabalhadores foram recrutados em outros estados, principalmente da Bahia, por uma empresa prestadora de serviços administrativos para vinícolas do município de Bento Gonçalves. O empreendimento em questão era contratado pela Salton, Garibaldi e Aurora para intermediar mão de obra durante safra da uva.

    Em depoimento, um dos trabalhadores relatou que todos os funcionários eram mantidos em alojamento e estavam sem receber salários. Ele contou eram submetidos a agressões físicas e que contraiam empréstimos mediante cobrança de juros abusivos, sendo privados de liberdade por falta de pagamento. A fiscalização constatou as condições insalubres do alojamento, a exemplo de má conservação, além de problemas de higiene e limpeza. No local foram apreendidos uma arma de choque e um spray incapacitante.

    O responsável pela empresa, Pedro Augusto de Oliveira Santana, de 45 anos, natural de Valente (BA), chegou a ser preso em flagrante, mas pagou fiança de R$ 40 mil e foi solto. Agora, o MTE busca o ressarcimento dos valores referentes aos salários e verbas rescisórias devidas aos trabalhadores.

    As vinícolas envolvidas no escândalo informaram que não tinham conhecimento das irregularidades praticadas pela empresa prestadora de serviço. (bahia.ba)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ