• Girl in a jacket
  • Advogada denuncia constrangimento após ter tamanho da saia medido para entrar no presídio ~ Blog Barreiras Noticias | Juninho Sem Maquiagem


     A advogada Milena Tomelin, encaminhou um ofício à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), denunciando ter sido abordada de maneira inadequada por uma policial penal na sala da OAB dentro da prisão. O caso teria acontecido no presídio de Joinville, nos dias 10 e 11 de janeiro. A informação é do portal Metrópoles.

    De acordo com o documento, a policial questionou a vestimenta de Milena, afirmando que ela “não entraria sequer no Fórum vestida desta maneira e que deveria entender o que era uma penitenciária”.

    A policial alegou que o traje era inadequado por ser mulher, e passou a proferir diversos comentários grosseiros, preconceituosos, machistas, sexistas e constrangedores em frente a todos”, revela Milena.
    A advogada alega que exigiram que ela mostrasse a carteira da OAB, além de terem medido o tamanho das suas roupas. A policial penal chegou a ameaçar registrar uma ocorrência por desacato, segundo Milena, o que ela classifica como “absurdo”.

    À CBN Joinville, Óliver Jander Pereira, presidente da OAB local, confirmou o recebimento da denúncia e informou que a instituição está investigando o caso. Pereira destacou que não existem regras específicas sobre o comprimento de roupa para visitas a presídios e que a OAB buscará esclarecimentos sobre o ocorrido.

    (Bnews)

    Publicação em destaque

    TELECOM PROVIDER - INTERNET CAMPEÃ